Vírus HPV: o que é e Por Que é Importante Tomar a Vacina?

links patrocinados

Vírus HPV: o que é e Por Que é Importante Tomar a Vacina?

O SUS, o Sistema Único de Saúde começou a oferecer a vacina contra o papiloma vírus humano, também conhecido como vírus HPV, para meninas de 11 até 13 anos de idade, em escolas públicas, privadas e em postos de saúde de todo o território brasileiro. A dose da vacina ajuda a proteger contra o câncer de colo de útero, a doença que é a responsável por mais mortes no país. A vacina contra o vírus estará disponível em todos os postos de saúde da rede pública o ano todo.

Confira mais

Vírus HPV: o que é e Por Que é Importante Tomar a Vacina? Vírus HPV

No próximo ano, o público-alvo serão as meninas com idade entre 9 e 11 anos e a partir do ano de 2016 o público-alvo será exclusivamente as meninas de 9 anos. O objetivo da campanha de vacinação é imunizar 80% do total das meninas com idades entre 9 e 13 anos. Mas, apesar de estar sendo oferecida na rede pública para uma faixa etária restrita, a vacina contra o vírus HPV é recomendada para mulheres de até 26 anos, já que o vírus é transmitido na vida sexual. Por isso, mulheres que não fizerem parte dessa faixa etária de até 13 anos devem procurar a rede particular para tomar a vacina.

Vírus HPV: o que é

Vírus HPV: Por que é importante tomar a vacina?

Apesar de não substituir os outros métodos de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, a vacina contra o vírus HPV funciona como uma espécie de arma contra a doença, já que ela é um vírus altamente contagioso. A cada ano são registrados mais de 137 mil casos de HPV no Brasil. Além disso, o HPV é o grande responsável por mais de 90% dos casos de câncer de colo de útero, além de provocar tumores de pênis, de vulva, pele e anus. Vale ressaltar ainda que os homens também desempenham um papel fundamental como vetores do HPV. Por isso, enquanto eles também não forem vacinados, mulheres continuarão a ser infectadas.

Por Que é Importante Tomar a Vacina?

Contraindicações

Existem alguns grupos que não é indicado a aplicação da vacina contra o HPV. Fora os grupos de restrição de idade, a vacina não é indicada em pessoas alérgicas a algum componente da medicação. Fora isso, os benefícios são eficazes até mesmo para pessoas que já tiveram ou ainda têm HPV ou outras doenças sexualmente transmissíveis e até mesmo portadores do vírus HIV podem ser imunizados com a vacina. Quanto aos efeitos colaterais da vacina contra o HPV podemos dizer que só há desconfortos locais, como dor e edemas no local onde a injeção foi aplicada.

Vírus HPV: o que é e Por Que é Importante Tomar a Vacina? - saiba mais

Os riscos do HPV

Podemos afirmar que o vírus HPV é o grande vilão principalmente da saúde feminina. Por isso, e por se tratar de uma doença sexualmente transmissível, o principal meio de proteção é a utilização da camisinha. Mas vale ressaltar, que em muitos casos nem a camisinha livra você da contaminação, já que entrar em contato com a região da vulva pode permitir o contágio.

Pesquisar
Artigos Relacionados