Segunda Fase Vacinação H1N1

links patrocinados

Segunda Fase Vacinação H1N1

Segunda Fase Vacinação H1N1

Informações sobre a gripe H1N1

A influenza A, é acarretada pelo vírus H1N1 do tipo A. Esta gripe ficou conhecida como “Gripe Suína”, pois o vírus que a provoca é uma combinação genética do VÍRUS humano, com o aviário, com o suíno. Pode haver contaminação pelo contato direto com os animais, porém a gripe não é transmitida se a carne for cozida, pois o vírus morre em temperaturas altas (acima de 71° Celsius). Em decorrência da novidade desta VIROSE, o Governo Federal, está ofertando vacinas para imunizar a população desta gripe. Seja na primeira ou na segunda fase da vacinação H1N1, não deixe de tomá-la.

Sintomas

O principal sintoma da gripe H1N1 é a febre alta (acima de 39°). Dor muscular, de cabeça, irritação na garganta, incômodo nas articulações, coriza, falta de apetite e tosse são outros sintomas provenientes dessa doença. Em alguns casos, o contaminado pode apresentar diarréia e vômito. Portanto, os sintomas dessa “gripe suína” são muito semelhantes aos da gripe comum, levando as pessoas a demorar a procurar um médico. Por isso deve-se reforçar a necessidade da prevenção, ainda dá tempo de se vacinar na segunda fase de vacinação da H1N1.

Vacinação

Vacinacao Gripe H1N1

A , Segunda fase vacinação H1N1, teve inicio no dia 22 de Março, e encerrará no dia 2 de Abril. O Ministério da Saúde oferta a vacina gratuitamente para três grupos de risco:

Gestantes: devido aos anticorpos passados através da placenta para seus filhos, é imprescindível um cuidado redobrado.

Crianças de seis meses a dois anos de idade: em decorrência da fragilidade desse grupo, a segunda fase da vacinação contra a H1N1, ocorre em dois momentos, sendo a vacina, repartida em duas, aplicadas com um intervalo de trinta dias.

Pessoas com doenças crônicas (diabetes…): por vezes uma doença supérflua acarreta em óbito para os representantes desse grupo, sendo assim a imunização deles é IMPRESCINDÍVEL.

H1N1

Além desta segunda fase de vacinação da H1N1, estão previstas mais três etapas, estendendo os grupos de risco para adultos com idade entre 20 e 39 anos.

Perguntas mais frequentes sobre vacinação contra a H1N1

– Quais são as contra-indicações da vacina?

Alérgicos a ovo de galinha ou mercúrio e pessoas que estão com febre.

Quais são as reações da vacinação?

A pessoa pode ficar febril nas primeiras horas após a aplicação (de 24 a 48 horas depois).

Quem já estiver com a gripe, pode tomar a vacina?

Vacinar contra gripe H1N1

Levando em conta que um dos sintomas da gripe é a febre, os gripados não devem receber a dose de vacina.

Há riscos para o bebê quando a mãe grávida toma a vacina?

Muito pelo contrário, a vacina imunizará à criança, que nascera praticamente imune a doença.

Eu já tomei a vacina na primeira fase, posso tomar novamente na Segunda Fase Vacinação da H1N1?

Não, pois a eficiência da vacina é de 1 ano.

Dicas para evitar a Gripe Influenza A

Para você que não se enquadra nos grupos de risco para a segunda fase da vacinação contra a H1N1, vale ressaltar os cuidados que você deve tomar:

– Lavar frenquentemente as mãos com sabão e desinfetá-las com álcool;

– Evitar tumulto de pessoas;

– Não fazer uso de talheres, copos ou objetos pessoais compartilhados;

– Assim que surgir qualquer sintoma, procurar um médico imediatamente.

Vacinacao H1N1 no Brasil Sintomas da gripe H1N1

Pesquisar
Artigos Relacionados