Os problemas da obesidade

links patrocinados

Os problemas da obesidade

As crianças nascidas de pais que tenham obesidade correm um risco maior de teres autismo, mesmo que a mãe não sofra com essa doença de peso. 0,3% das crianças que têm pai acima do peso podem ter algum grau da doença.

Confira mais

Os problemas da obesidade Os problemas da obesidade

Grande causador deste problema de saúde está ligado diretamente com algumas variações de genes. Mas, vale ressaltar que além dos prejuízos à saúde do seu filho, a obesidade proporciona diversas complicações para a saúde como um todo e favorece o aparecimento da enxaqueca e até mesmo de cânceres.
Veja aqui alguns dos problemas que a obesidade pode causar e como esta doença pode afetar todo o funcionamento do seu corpo.

Saiba Os problemas da obesidade

Coração em alerta

Um dos problemas que a obesidade pode causar à saúde é no coração. Isso porque quanto maior for o nosso peso, mais esforço o coração fará para bombear o sangue e para fazer com que tudo funcione da maneira correta. Dessa forma, o coração ficará sobrecarregado e começará a bater mais rápido do que o normal. Isso acontece porque o organismo acaba se cansando de corrigir o sedentarismos e os erros alimentares e acaba lançando na circulação os triglicerídeos e o colesterol que não conseguiu armazenar no tecido adiposo e no fígado.

Toda essa gordura em excesso acaba formando placas e entupimento as artérias, podendo levar a um Acidente Vascular Cerebral ou a um infarto. Em suma, todos esses problemas podem acabar favorecendo o aparecimento de doenças como a angina, a hipertensão e a insuficiência cardíaca.

Saiba Os problemas da obesidade

Metabolismo alterado

Outro problema causado pela obesidade é que ela altera o metabolismo. Isso acontece porque quando ganhamos peso, o tecido adiposo aumenta na região abdominal e subcutâneo. Quando ele está cheio de gordura, um desiquilíbrio é gerado por causa da produção de substâncias inflamatórias. Isso acaba causando um aumento de gordura no fígado, dos níveis de triglicerídeos e de colesterol, aumenta os riscos de aterosclerose, eleva-se a pressão arterial e aumenta-se os riscos de acontecerem doenças cerebrovasculares e cardíacas. Quando isso acontece, há também um depósito de gordura no fígado.

Quanto mais peso o indivíduo ganha, maior é o depósito de gordura acontecendo no fígado e no tecido adiposo. Pelo fígado ser o grande responsável pelo processamento de colesterol, quando ele não funciona da maneira correta, os níveis de triglicérides e de colesterol acabam aumentando.

Os problemas da obesidade - saiba mais

Digestão prejudicada

Outro grande problema causada pela obesidade é que o processo digestivo é prejudicado. Na maioria dos casos, a doença do refluxo gastroesofágico tem relação direta com a obesidade. Além disso, os pacientes que sofrem com a obesidade também têm uma incidência maior de Hérnia de Hiato, também conhecido como deslocamento do estômago para o tórax.
A obesidade também aumenta as chances de ocorrerem pedras na vesícula, graças ao desequilíbrio de alguns elementos que estão presentes no sangue.

A obesidade também é considerada um fator de risco para a pancreatite e para o acúmulo de gordura no fígado. Quando esse quadro insistir é muito importante procurar um médico.

Pesquisar
Artigos Relacionados