Obesidade no Brasil

links patrocinados

Obesidade no Brasil

Obesidade no Brasil

O consumo cada vez maior de fast foods, comidas congeladas e industrializadas e de alimentos com grandes quantidades de hormônios e outras substâncias fazem com que o número do obesos no mundo todo cresça. E o Brasil, infelizmente, segue a tendência. Isso pode ser surpreendente para alguns, pois somos famosos pela alimentação tropical e saudável. Mas, na prática, não é bem assim que funciona.

Dados oficiais

No Brasil, a obesidade é um problema que está se tornando de saúde pública. Afinal, a obesidade tem várias consequências além do simples fato de estar acima do peso. Cerca de 10 milhões de adultos com mais de 20 anos são enquadrados como obesos, de acordo com os padrões da Organização Mundial de Saúde e da Organização para a Alimentação e Agricultura.

Além disso, dados de 2003 demonstram que 41% dos homens e 40% das mulheres possuem excesso de peso. Só entre os adultos, 13,1% das mulheres e 8,9% dos homens estão dentro do padrão de obesidade.

E, infelizmente, entre as crianças esses dados não são diferentes. 16,07% dos adolescentes brasileiros entre 10 e 19 anos estão acima do peso, sendo que 2,3% são obesos. Saiba mais sobre a obesidade infantil e a obesidade na adolescência.

Representação nacional

Além dos dados oficiais garantidos por organizações governamentais e ONGs, o jornalista norte-americano Larry Rohter, que trabalhava como correspondente internacional do jornal New York Times no Brasil, já havia publicado uma reportagem falando sobre as mulheres obesas do Brasil.

O jornalista decidiu fazer a notícia como um comparativo entre as duas nações, aproveitando o gancho que os Estados Unidos são a nação normalmente relacionada com obesidade. Assim, o jornalista que presenciava a cultura brasileira, publicou a matéria no seu jornal. Porém, o relato não foi bem recebido no Brasil, apesar de ser um alerta à população para tomar cuidado com os rumos da alimentação.

Esse caso serve para perceber como alguém olhando de fora consegue enxergar um comportamento fora do padrão de normalidade. A pessoa obesa não tem problemas somente físicos, mas também psicológicos. Cuidar do físico não é uma questão de futilidade, mas sim de saúde.

Gordura no fígado

Gordura no fígado

Para ter uma vida saudável é necessário seguir algumas recomendações que evitam o desenvolvimento de condições que fazem mal para o nosso corpo. Cada organismo funciona de uma maneira diferente, mas a base é a mesma para todos os corpos. Por isso, algumas atitudes acabam sendo as mesmas para garantir um estilo de vida saudável.

Possível ocorrência

Um dos principais órgãos do nosso corpo é o fígado e, justamente por isso, é importante ter um cuidado a mais com ele. Entre as principais funções do fígado estão: produção de proteínas, armazenamento de glicose (açúcar), vitaminas e minerais rmazenamento de glicose (açúcar), vitaminas e minerais, produção de bile, síntese de colesterol e desintoxicação de drogas, medicamentos e outras substâncias químicas.

Por conta de todas as funções que são específicas do fígado, quando alguma disfunção é detectada é necessário prestar toda a atenção e cuidado para resolver o problema. Uma condição que é mais recorrente do que parece é formalmente conhecida como Esteatose Hepática.

Traduzindo o termo médico para a linguagem leiga, isso significa que existe acúmulo de gordura no fígado. Para que aconteça esse acúmulo, primeiro é necessário que as pessoas façam grande ingestão da substância, pois ela não poderia chegar ao fígado por outros meios que não este.

Condições prévias

Da mesma maneira como acontece com qualquer outro tipo de acúmulo de gordura no corpo, uma das maneiras de contornar esse problema é com exercícios físicos. A recomendação da prática diária é positiva para todas as pessoas, independente de qual seja o tipo de organismo específico de cada um.

Além das condições de hábitos de cada um para fazer com que uma pessoa esteja mais vulnerável ao desenvolvimento da gordura acumulada, existem pré-disposições genéticas que podem interferir na saúde. Uma delas é a mesma condição que faz com que alguém possa ter diabetes, por exemplo.

Para saber tudo sobre gordura no fígado vale fazer uma rápida pesquisa na internet e em arquivos médicos para entender os detalhes dessa condição. Caso esteja suspeitando de qualquer coisa, consulte um médico para ter o atendimento mais apropriado possível. Nenhum tipo de procedimento deve ser tomado sem a supervisão médica.

Fotos

Confira Fotos da Gordura no fígado:

Gordura no fígado Gordura no fígado Gordura no fígado Gordura no fígado

Pesquisar
Artigos Relacionados