O que são doenças ocupacionais

links patrocinados

O que são doenças ocupacionais

Muita coisa muda com o passar dos anos, e isso inclui até mesmo as doenças. Hoje, é muito comum ouvirmos falar das doenças ocupacionais, por exemplo. São consideradas doenças ocupacionais todas aquelas que surgem devido às condições de trabalho, nas mais variadas formas. Podem se incluir nesta lista tanto as doenças físicas causas pela atividade desempenhada quanto as psicológicas, devido às condições de trabalho ou problemas com outras pessoas do ambiente.

Causas

O que são doenças ocupacionais O que são doenças ocupacionais - saiba mais

As causas das doenças ocupacionais, como podemos perceber, são as mais diversas. Hoje, é cada vez mais comum a preocupação com a saúde física e mental dos funcionários, o que faz com que as empresas invistam cada vez mais na prevenção das chamadas doenças ocupacionais. Ainda assim, a incidência do problema é alta, pois qualquer fato pode desencadear uma doença funcional.

Saiba O que são doenças ocupacionais

Fatores que levam a doenças funcionais

Algumas atividades profissionais específicas são muito mais propensas a dar origem a doenças funcionais, principalmente as de caráter físico. Este é o caso, por exemplo, dos trabalhos que envolvem o manuseio ou a simples convivência com produtos químicos e metais pesados. A doença funcional mais antiga de que se tem registro é a silicose, um distúrbio respiratório relacionado aos trabalhos com pó de sílica.

A Lesão por Esforço Repetitivo, conhecida como LER, também é uma das doenças mais comuns relacionadas à atividade profissional. A LER pode acometer qualquer funcionário que passa o dia fazendo o mesmo movimento corporal e geralmente afeta tendões e nervos.

Conheça O que são doenças ocupacionais

Outros exemplos

Dentre outras doenças ocupacionais conhecidas é possível mencionar a PAIR (sigla para Perda Auditiva Induzida por Ruído), muito comum em quem trabalha em ambientes barulhentos, sem a devida proteção aos ouvidos. Além de prejudicar a audição a PAIR também tem como sintomas irritabilidade, ansiedade e descontrole da pressão arterial.

A asma ocupacional também é um distúrbio com alta incidência. O problema acontece com pessoas que trabalham em ambientes que têm produtos potencialmente alergênicos, como borracha, algodão, pó de madeira, couro e outros. A asma ocupacional é caracterizada por apertos no peito, falta de ar e tosse constante, além de lacrimejamento e espirros.

Doenças ocupacionais

Tratamento

Assim como no caso de qualquer outra doença, o mais importante em relação às doenças funcionais é a prevenção. Atualmente, é cada vez mais comum a adoção da terapia ocupacional no ambiente de trabalho, de modo a evitar o aparecimento de doenças funcionais. Dentre as atitudes que podem ajudar a evitar estas doenças podemos mencionar mudanças na iluminação e no mobiliário. No caso dos funcionários, é importante dar orientações relacionadas à postura corporal, principalmente entre aqueles que passam muito tempo sentados em frente ao computador.

Se alguém for diagnosticado com qualquer doença funcional, o problema é passível de licença médica, assim como qualquer outra doença de caráter físico ou psicológico. Neste caso, é preciso identificar o tipo de problema para se determinar o melhor tratamento. Na maioria dos casos, os profissionais que lidam com doenças funcionais são psicólogos e psiquiatras; no caso de doenças físicas, geralmente é recomendada a fisioterapia.

Pesquisar
Artigos Relacionados