MERS: O que é, Prevenção, Diagnóstico e Tratamento

links patrocinados

MERS: O que é, Prevenção, Diagnóstico e Tratamento

A MERS é uma doença respiratória causada por um corona vírus chamado de MERS-COV. A doença é originária do Oriente Médio e de acordo com a Organização Mundial de Saúde, aproximadamente 27% das pessoas infectadas pela doença morrem. O nome MERS é uma sigla proveniente do inglês, Middle East Respiratory Syndrome, a Síndrome Respiratória do Oriente Médio.

Confira mais

MERS: O que é, Prevenção, Diagnóstico e Tratamento MERS

A suspeita, é que essa doença tenha chegado a atingir aos humanos através dos animais. O palpite principal e o mais certeiro é que certamente a MERS veio de um morcego ou ainda de animais mais próximos do homem.

A referência que existe hoje de infecção através dessa doença em animais é nos camelos oriundos do Oriente Médio, mas ainda não se tem a certeza de que eles foram os grandes responsáveis pela contaminação de seres humanos ou se eles também foram vítimas do contágio através de outros animais.

MERS: O que é

MERS: Diagnóstico

Para fazer um diagnóstico preciso da doença deve-se buscar a presença do vírus causador da doença nas mucosas e coletar amostrar de secreções das vias aéreas inferiores.

Além disso, todos os casos de infecção respiratória de pessoas que estiveram ou são da Península Arábica devem ser colocados em quarentena.

Os principais sintomas da MERS são a febre, a falta de ar, a tosse, o mal estar e a dificuldade para respirar. Por isso, ao menos sintoma de qualquer um desses sinais, procure imediatamente um médico.

Além disso, vale ressaltar que acredita-se que o vírus que causa a MERS, tenha apenas a capacidade de transmitir o problema em estágios mais avançados da doença, ou seja, quando o problema já atacou os pulmões. Em suma, isso acontece porque o paciente elimina o vírus através da tosse, aumentando assim as chances de contágio por via aérea a outras pessoas.

MERS: O que é, Prevenção, Diagnóstico

Prevenção

Ainda não existe uma vacine capaz de prevenir o aparecimento da MERS. A única recomendação é que aqueles que pretendem viajar e se dirigir para o Oriente Médio devem tomar aquelas medicas tão conhecidas para prevenir o surgimento de doenças respiratórias, tais como cobrir a boca e o nariz quando for tossir ou espirrar, lavar as mãos frequentemente e evitar o contato com pessoas doentes. Além disso, também é importante não esfregar as mãos sujas na boca ou nos olhos para se prevenir contra a proliferação da doença.

MERS: O que é, Prevenção, Diagnóstico e Tratamento - saiba mais

Tratamentos

Como não existe um tratamento ou uma vacina especifica para combater a MERS, os enfermeiros e os médicos apenas tratam os sintomas da doença, utilizando aparelhos que ajudam na respiração e medicamentos para febre. E a única coisa que se pode fazer é esperar que o próprio corpo combata o vírus causador da doença.

Pode-se dizer que a maior complicação do MERS é o alto risco de morte. Isso porque cerca de 27% das pessoas que são infectadas pela doença acabam não resistindo ao vírus e falecem. Além disso, a inexistência de um tratamento mais direcionado para tratar o problema, acaba aumentando as chances de acontecerem complicações no quadro.

Pesquisar
Artigos Relacionados