Inibidor de apetite

links patrocinados

Inibidor de apetite

Inibidores de Apetite

Ação dos Inibidores de Apetite

Os inibidores de apetite agem para evitar que a pessoa sinta fome. O medicamento atua no hipotálamo, que liga o sistema nervoso do sistema endócrino, inibindo o centro do apetite. Os inibidores e bloqueadores de apetite são usados por aqueles que pretendem perder peso (principalmente obesos) e podem ser consumidos apenas com prescrição médica. Quando indicado, são utilizados para ajudar na reeducação alimentar do paciente.

Efeitos colaterais dos inibidores de apetite

Os efeitos colaterais dos inibidores de apetite são variados e podem ser perigosos. Tontura, depressão, taquicardia, falta de ar, enjoo. Misturados com outros medicamentos ou com álcool os efeitos dobram e o uso do medicamento se torna ainda mais perigoso. Outro problema comum no uso dos inibidores de apetite é o ganho de peso considerável em quem para de tomar o medicamento.

Remedio Inibidor de Apetite

Em casos em que a pessoa toma o remédio e para de comer, sem fazer uma reeducação alimentar, a tendência é ganhar os pesos perdidos após a suspensão da substância. Isso faz com que o indivíduo crie uma dependência ao medicamento, ganhando e perdendo peso, colocando em risco a saúde.

Proibições no Brasil

Como funciona o Inibidor de Apetite

A Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – proíbe os anorexígenos que possuem substâncias associadas entre si ou com ansiolíticos, antidepressivos, diuréticos, hormônios e laxantes. Além disso, a receita médica para a prescrição deste tipo de medicamento é específica, não podendo o médico ultrapassar a dose máxima recomendada. Estas regras entram em vigor para tentar controlar os danos causados pelo uso desenfreado da droga e para controlar o número de pessoas que ingerem a substância. O Brasil é um dos países que mais consomem o produto, sendo que os maiores consumidores são aqueles que não possuem perfil para tomá-las, ou seja, pessoas que estão apenas acima do peso ou que conseguiriam perder peso com regime e exercícios físicos.

Tratamento ideal

Causas do Inibidor de Apetite

O que leva o Brasil ser um dos países que mais consomem inibidores de apetite é a ideia de que este medicamento é um caminho mais curto para o alcance ao corpo perfeito. As pessoas querem o caminho fácil, o resultado sem esforço. Infelizmente isto não funciona. Mesmo com o uso da substância, é preciso realizar uma reeducação alimentar e realizar exercícios físicos, para que não haja nenhum tipo de dependência ao remédio. Os inibidores devem ser indicados apenas em casos de obesidade, IMC acima de 30 ou 40. Aos que estão acima do peso e precisam perder peso, o caminho ideal é o mais comum, reeducar-se, comer alimentos com menos gordura e calorias, fazer exercícios físicos, mudar hábitos. O caminho teoricamente mais difícil é também o caminho mais seguro e que trará resultados de longo prazo. Os hábitos, quando inseridos no cotidiano da pessoa, se tornam prazerosos. Lembre-se, antes de começar qualquer dieta procure um médico. Ele fará exames que informarão o melhor caminho a ser seguido pelo paciente. Esta é a forma mais segura de perder peso. Evite sempre a automedicação, principalmente no consumo de inibidores de apetite.

Doencas causadas pela Inibidor de Apetite Remdios para nao sentir fome

Pesquisar
Artigos Relacionados