Importância da vitamina D para a saúde

links patrocinados

Importância da vitamina D para a saúde

“Vitamina D” é um nome dado a diversos compostos que ajudam na manutenção do equilíbrio mineral do nosso organismo. Uma das funções de maior importância da vitamina D é atuar em conjunto com o cálcio, facilitando e ampliando sua absorção pelo corpo. Desta forma, a vitamina D atua de maneira indireta no fortalecimento dentário de dos ossos, auxiliando na prevenção contra o raquitismo, doença ainda muito comum em regiões e camadas sociais onde há maior incidência de subnutrição. Conheça, abaixo, um pouco mais sobre este nutriente e a importância da vitamina D para a saúde, além de alimentos ricos nestes compostos.

A importância da vitamina D na dieta

Como mencionamos acima, a vitamina D é muito importante para ossos e dentes, por auxiliar na absorção de cálcio.

Importância da vitamina D para a saúde Saúde - vitamina D

Contudo, seus benefícios não param por aí. A vitamina D também é muito importante para reforçar o sistema imunológico, auxiliando na proteção de órgãos vitais, como coração e cérebro. No sangue, a vitamina D tem o funcionamento de um hormônio regulador, controlando a absorção adequada de cálcio e fósforo pelo organismo.

A única maneira de metabolizar a vitamina D pelo organismo é a exposição solar. Devido à sua importância para a formação óssea, é comum que alguns pediatras recomendem complementos de vitamina D para bebês e crianças pequenas. Embora a suplementação sintética possa ser realmente necessária, não é recomendável fazê-la por conta própria, apenas com acompanhamento profissional. É importante ressaltar que, assim como a maioria dos nutrientes, a vitamina D pode acabar sendo prejudicial para o organismo caso haja superdosagem.

Em pessoas adultas, a alimentação e o sol devem ser suficientes para o fornecimento necessário de vitamina D para o organismo. A suplementação, assim como em crianças, deve ser feita apenas caso haja recomendação médica.

Vitamina D em alimentos

Alimentos que contém vitamina D

O consumo diário de vitamina D, em níveis saudáveis, deve ser de cerca de cinco microgramas para uma pessoa adulta. A ingestão de alimentos ricos em vitamina D deve ser complementada por, no mínimo, 20 minutos por semana de exposição à luz solar, sem que se utilize protetor. A sardinha enlatada é o alimento que possui a maior quantidade de vitamina D: são 17 microgramas (mais que o triplo da recomendação diária) a cada cem gramas de sardinha enlatada.

Vitamina D

Outros alimentos

Tomando como base uma porção de cem gramas, estes são outros alimentos ricos em vitamina D: atum (quatro microgramas), fígado bovino (1,12 microgramas), gema de ovo (0,53) e cogumelos (0,65). O leite possui algo em torno de 0,17 microgramas por copo de 200 ml. Um pote pequeno de iogurte fornece 1,2 microgramas, enquanto a manteiga tem 0,45 microgramas por colher de sopa.

Importância da vitamina D

Superdosagem

A superdosagem de vitamina D é muito rara, mas não impossível. Embora seja a maior fonte de vitamina D, a sardinha enlatada pode se transformar em vilã. Quando consumido em excesso, o produto pode elevar os níveis de cálcio no sangue a patamares não saudáveis, o que ocasiona cálculo renal e sopro no coração. A exposição ao sol, entretanto, ajuda a eliminar eventuais excessos de vitamina D.

Pesquisar
Artigos Relacionados