DTA Doenças transmitidas por alimentos

links patrocinados

DTA Doenças transmitidas por alimentos

DTA Doenças transmitidas por alimentos

As doenças transmitidas por alimentos, popularmente conhecidas como DTAs, são provocadas pela ingestão de alimentos ou bebidas contaminadas. A Vigilância Sanitária reconhece mais de 250 doenças que se encaixam neste critério.

Sintomas

Os sintomas variam de doença para doença, mas vômito e diarreia são os sintomas mais comuns. Também podem ocorrer dores no abdômen e na cabeça, além de febre. Na maioria das vezes, as DTAs não são graves em adultos, durando pouco tempo e não deixando sequelas.

Entretanto, as DTAs se tornam muito perigosas se os infectados forem crianças, grávidas ou idosos. Nestes casos são necessários muito mais cuidados, pois a doença pode até mesmo levar a pessoa a falcer.

Alimentos perigosos

Qualquer alimento pode se tornar perigoso se estiver fora de seu prazo de validade ou não for corretamente transportado ou armazenado. Entretanto, há alguns alimentos específicos que possuem naturalmente um risco maior de causar doenças.

As doenças mais comuns causadas por alimentos são a infecção por salmonela e o botulismo. Existem também bactérias que causam fortes diarreias, podendo colocar o paciente em risco. Dentre os alimentos considerados potencialmente perigosos estão carnes, frutos do mar, produtos derivados do leite e ovos. Quando for consumir quaisquer destes alimentos, é importante redobrar o cuidado.

Evitando as DTAs

Nenhum método de prevenção é 100% eficaz, mas podemos reduzir consideravelmente o risco de uma DTA adotando procedimentos simples e cotidianos, como lavar adequadamente as mãos, utilizar utensílios limpos – incluindo a vestimenta – e prender o cabelo quando for manipular alimentos. Quando preparar verduras, lave bem cada folha antes do consumo.

Contaminação em estabelecimentos

Se a contaminação se deu em restaurantes ou lanchonetes, é possível denunciar o estabelecimento para a Vigilância Sanitária. O procedimento é simples: acesse o site da Anvisa e busque o formulário específico para denúncias. É importante, antes de realizar qualquer denúncia, certificar-se de que o estabelecimento realmente não está agindo de acordo com as normas da Anvisa. Isso é geralmente percebido quando duas ou mais pessoas se contaminaram no mesmo local.

Prevenindo o aparecimento de doenças femininas com alimentos

Uma dieta adequada também é capaz de proteger as mulheres contra problemas típicos do gênero, como depressão, câncer de mama e osteoporose. Segundo a Organização Mundial da Saúde, conhecida também apenas pela sigla OMS, quase 20 milhões de brasileiros sofrem com a depressão. Mas, vale ressaltar que esta proporção é de duas mulheres para cada homem, já que são as mulheres que sofrem as maiores oscilações hormonais.

Confira mais

Prevenindo o aparecimento de doenças femininas com alimentos Prevenindo o aparecimento de doenças femininas

Mas, uma dieta com vitamina D pode afastar para longe o fantasma da depressão. A principal fonte desse tipo de vitamina é a luz solar, que acaba estimulando a produção da mesma pela nossa pele. Por isso, uma boa dica é ficar em contato com os raios solares por pelo menos 10 minutos, por pelo menos duas vezes na semana. Vale ressaltar que deve-se evitar ficar exposto ao sol entre as 10 horas da manhã até as 16 horas da tarde, já que é nesse período que os índices de raios solares estão mais fortes. Iogurtes, ovos, sardinha, fígado de boi e óleo de fígado de bacalhau são alguns dos alimentos ricos em vitamina D que você pode consumir diariamente.

Doenças Femininas

Menopausa

São sintomas da menopausa suores noturnos, insônia, ondas frequentes de calor, ganho de peso e irritabilidade. Esta condição atinge todas as mulheres, sem exceção, em geral entre os 45 anos e os 55 anos de idade. Uma boa dica para conseguir se livrar de alguns desses sintomas é investir na ingestão de porções de soja. Isso é possível graças as isoflavonas, que atuam diretamente nas mudanças de humor e atuam na redução das ondas de calor. O ideal é consumir pelo menos 54 miligramas dessa substância ao dia, o que equivale a sete gramas de tofu ou a dois copos de leite de soja.

Previna as doenças femininas

Endometriose

A endometriose é caracterizada pelo crescimento do endométrio fora da cavidade. Apesar de as causas dessa doença serem desconhecidas, a endometriose atinge mais de seis milhões de brasileiras e mais da metade delas correm o risco de ficarem inférteis. Mas, sabe-se que alimentos ricos em ômega 3 ajudam a prevenir a doença. Além de ser encontrada em peixes, o ômega 3 também é encontrado em algumas oleaginosas, como as castanhas, as nozes e as amêndoas. O ideal é consumir três unidades de qualquer um desses alimentos ao dia.

Prevenindo o aparecimento de doenças femininas com alimentos - saiba mais

Infecção urinária

A infecção urinária é um problema que atinge na maior parte das vezes, as mulheres, justamente porque a uretra da mulher é mais curto do que o do homem e ainda está localizada próxima ao ânus, o que acaba facilitando a entrada de bactérias que causam infecções na bexiga. Este tipo de infecção pode ser combatida mantendo-se a higiene da região íntima feminina sempre em dia, com a ingestão abundante de líquidos e ainda com a ingestão de suco de cranberry. Por isso, siga as nossas dicas e previna-se do aparecimento dessas doenças, tão comuns na vida das mulheres brasileira.

Pesquisar
Artigos Relacionados