Dieta ortomolecular – benefícios cardápio e como fazer

links patrocinados

A busca por um corpo perfeito tem feito com que cada vez mais pessoas se interessem por diversas atividades físicas, e hoje em dia até mesmo a prática de artes marciais auxiliam as pessoas a encontrarem as formas que julgam perfeitas, mais ainda sim existem aquelas pessoas que fazem a opção de manter dietas.

As dietas podem ser de diversos tipos, com a utilização de diversos alimentos, mas o objetivo é um só, emagrecer, tarefa que dependendo de como o organismo de cada um reage, não é algo tão simples alcançar os resultados, por este motivo, sempre vemos em sites de dietas ou mesmo em pesquisas que o melhor mesmo é sempre fazer estas dietas com acompanhamento médico.

Conhecendo a dieta ortomolecular

Várias pessoas optam por dietas com a intenção de emagrecer, mas acabam esquecendo do que realmente é importante, o equilíbrio total das substâncias que compõem seu organismo, já que com toda a correria do cotidiano agitado das pessoas é cada vez mais difícil manter uma rotina seja esta qual for, ainda que se saiba que isto é importante.

Dieta ortomolecular – benefícios cardápio e como fazer

Atualmente as pessoas dormem poucas horas por dia, portanto o corpo e o organismo sofre por não ter o descanso necessário, assim como o organismo sofre por conta da falta de preocupação das pessoas em ingerir alimentos saudáveis para o bum funcionamento deste, com a falta de preocupação com estas questões, as pessoas convivem sem perceber com os reflexos destas atitudes como se fosse parte de seu cotidiano.

Pensando nisso, muitas pessoas optaram por seguir a dieta ortomolecular, que tem como principal conceito manter o equilíbrio das vitaminas, aminoácidos, gorduras, dentre outras substâncias existentes no organismo, por meio da ingestão de alimentos que possibilite a pessoa que mantém a dieta esses resultados.

Dieta ortomolecular – benefícios cardápio

Com base neste conceito, para que se inicie a sua dieta, você deve antes passar por exames de sangue dentre outros, para ter a dimensão completa das substâncias existentes nele e qual destas está mais elevada, ou seja em excesso e quais estão em falta no seu organismo, para que dessa maneira possa se montar a dieta para que haja equilíbrio entre eles.

É importante ressaltar que todas as pessoas que desejarem realizar a dieta ortomolecular devem antes executar os procedimentos já mencionados, como exames, para saber exatamente como o seu organismo está, já que esta é uma dieta construída com base naquilo que seu organismo precisa ter e o que precisa eliminar, para que assim se chegue ao equilíbrio.

Conhecendo o cardápio

Se você está interessado em seguir a dieta ortomolecular, saiba que você pode eliminar até um quilo por semana em que estiver seguindo corretamente todos os passos, e o melhor, este quilo perdido será de maneira totalmente saudável, o cardápio da dieta é bem variado, mas com algumas restrições que podem ser desde como o alimento é preparado até o modo como este é cultivado

Dieta ortomolecular – benefícios

Os alimentos que você irá ingerir nesta dieta devem ser naturais, e quando se diz naturais, a referência é para que estes alimentos sejam totalmente livres da ação de fertilizantes, pesticidas ou agrotóxicos, os alimentos orgânicos podem ser uma ótima opção, isso se refere também quando o assunto é proteína, no caso da animal, só poderão ser consumidos frangos orgânicos.

Um outro fator que é empregado na dieta ortomolecular, é que se faça a substituição dos alimentos brancos, por alimentos integrais, portanto o mais indicado é que os alimentos consumidos diariamente sejam preparados com ingredientes integrais, por exemplo a farinha e até mesmo o arroz.

Os alimentos que são proibidos para o consumo, quando se está na dieta ortomolecular, são manteiga e também a margarina, álcool, produtos industrializados, carne vermelha, leite de vaca e adoçante, no caso de pessoas portadoras de diabetes, o adoçante pode ser utilizado normalmente.

Dieta ortomolecular

GD Star Rating
loading...
Dieta ortomolecular – benefícios cardápio e como fazer, Nota: 1.0 de 5 com 1 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados