Dieta Gracie: benefícios e como fazer

links patrocinados

Dieta Gracie: benefícios e como fazer

A dieta Grace foi desenvolvida pelo mestre Carlos Gracie devido a sua necessidade de mudar por conta de fortes enxaquecas que o mantinham trancado por horas. E foi nas palavras do filósofo Hipócrates que viu a sua resposta “Faça da alimentação o seu remédio“ e foi então que após muitas pesquisas ele, um homem com problemas de saúde, tornou-se um atleta.

Eficácia da Dieta Gracie

Dieta Gracie: benefícios e como fazer Dieta Gracie

Para comprovar a eficácia da dieta fez com que sua família passasse a utilizar a mesma. Com o passar do tempo o biótipo da família foi sendo modificado em termos de altura, pois cresciam cada vez mais e com saúde.

Benefícios e como fazer

Conheça a dieta

A dieta consiste em manter o PH das refeições o mais neutro possível, combinando os alimentos entre si para uma alimentação equilibrada e com isso não envenenar o nosso corpo e fazer refeições com intervalos de no mínino quatros horas. Com a complementação de chás e muitas frutas como parte fundamental utilizando assim o que é oferecido pela natureza. O irmão Helio, lutador, foi o grande adepto da dieta, Carlos Gracie viu a necessidade de cortar a carne vermelha antes das lutas e isso lhe trouxe resultados impressionantes. Hoje sua neta a carioca Kyra Gracie Hexacampeã Brasileira, Pentacampeã Mundial, Pentacampeã Pan-Americana e Tricampeã do ADCC de jiu-jitsu também adepta da dieta comprova a tradição da família no esporte e na vida saudável.

Dieta Gracie: benefícios

Como fazer a dieta Gracie

Na dieta, como já foi dito, tem que se ter um intervalo de quatro horas entre as refeições devido às reações químicas do consumo de alimentos e eliminar o hábito de fazer lanches, beber água no intervalo das refeições. Abandonar refrigerantes e substituir sobremesas por frutas. Você não pode misturar na mesma refeição diferentes grupos de amido, como batata, arroz e trigo, pois eles não combinam entre si. A seguir os grupos de alimentos que devem ser seguidos na dieta: Alimentos que combinam entre si: Siri, ovos, ovas de peixe, carne, camarão, lagosta, caranguejo, lula, polvo, peixes e mariscos, aspargos, abobrinha, almeirão, agrião, alcachofra, aipo, alho poro, alface, alho, couve-flor, couve, cogumelo, cenoura, cebola, chicória, chuchu, berinjela, nabo, beterraba, palmito, pepino, brócolis, pimentão, vagem, repolho, rabanete, quiabo, mostarda verde, milho verde, jiló, feijão verde, espinafre e ervilhas frescas, pinhão, Noz, Óleo, abacate, manteiga ou margarina, avelã, gérmen de trigo, coco seco, castanha do Pará, castanha de caju, azeite e azeitona.

Dieta Gracie:  como fazer

Alimentos que não combinam entre si

Tremoço, aipim, milho seco, arroz, mandioquinha, avelã, amido de milho, bata doce, macarrão, batata inglesa, lentilha, cará, inhame, centeio, feijão seco, cevada, farinha de mandioca, farináceos, trigo e seus derivados. Alimentos desde que não preparados em gordura, que combinam entre si: uva moscatel, açaí, tâmara, ameixa doce, requeijão cremoso, banana cozida ou assada, banana seca, ricota, queijos frescos, queijo prato, queijo minas, caqui, coco verde, caldo de cana, pêra, melancia, melão, melado, mel, mamão, maçã, figo fresco, fruta do conde, goiaba, jaca, laranja-lima e açucares em geral. O leite e seus derivados são compatíveis com banana crua ou amassada, gema de ovo cozida (exceto coalhada e iogurte).

Pesquisar
Artigos Relacionados