Dicas para reduzir o apetite

links patrocinados

Dicas para reduzir o apetite

Na tentaniva de perder alguns quilos, muitas pessoas abusam de dietas radicais, que muitas vezes não alcançam o objetivo pretendido. Isso porque a perda radical de peso não é “vista” como natural pelo organismo, que logo encontrará formas de compensação. Assim, a pessoa pode se sentir fraca, desmotivada e facilmente irritável. Na maioria das vezes, os quilos rapidamente perdidos são recuperados em pouquíssimo tempo, gerando o preocupante “efeito sanfona”. Para evitar este problema e, ao mesmo tempo, perder peso de forma saudável, uma boa opção é utilizar formas não agressivas de reduzir o apetite. Algumas vezes, isso pode ser feito mesmo sem nenhuma alteração no cardápio. Conheça, abaixo, algumas destas dicas para diminuir seu apetite e ter uma vida mais saudável.

Como reduzir o apetite sem mudanças no cardápio

Dicas para reduzir o apetite Confira as Dicas para reduzir o apetite

Muitas vezes o problema não está no que ingerimos, mas na maneira como o fazemos. Com a pressa do dia a dia, é comum que as pessoas comam rapidamente, sem mastigar direito os alimentos. Isso, geralmente, levará a um excesso de alimentação, pois a comunicação entre estômago e cérebro demora algum tempo. Quando comemos rapidamente, em algum ponto já estaremos saciados, mas ainda não saberemos disso. Portanto, o ideal é comer devagar, para que possamos perceber de forma mais clara quando já estamos saciados. A mastigação também deve ser levada em conta. Quando um alimento é bem mastigado, a absorção de seus nutrientes é muito mais eficaz.

O sono também possui influência direta na alimentação. Uma noite bem dormida reduz os níveis de cansaço e estresse. Desta forma, teremos menos dificuldade no controle dos impulsos, o que torna mais fácil evitar alimentos gordurosos. A ingestão de água também auxilia no processo, pois o líquido ajuda a controlar o apetite.

saiba como reduzir o apetite

Mudanças alimentares para reduzir o apetite

Além da melhoria nos hábitos acima mencionados, também podemos fazer algumas mudanças em nossos cardápios, sem a necessidade de radicalizar. Os açúcares e carboidratos, por exemplo, contribuem para o ganho de peso e, ao mesmo tempo, têm fácil digestão. Por sua vez, os alimentos ricos em gorduras e proteínas têm uma digestão mais difícil, o que torna a sensação de saciedade mais longa. Obviamente, deve haver moderação no consumo destes alimentos. Os doces são grandes inimigos da balança. Os açúcares contribuem para alterar a intensidade do apetite. Por isso, a saciedade após a ingestão de doces dura muito pouco. Outra dica interessante é priorizar carnes e vegetais, que trazem um período longo de saciedade e, por isso, ajudam na redução do apetite.

Algumas Dicas para reduzir o apetite

Quantidades

O autocontrole também é muito importante: se, após as refeições, você costuma se sentir “estufado”, talvez você esteja comendo demais. O ideal é que as refeições eliminem a fome, mas não causem sensação de peso.

Dicas para reduzir o apetite - saiba mais

Enganando o apetite

Alguns produtos naturais, como o ágar-ágar – uma alga que lembra a gelatina – aumentam consideravelmente seu volume quando chegam ao estômago, dando sensação de saciedade. Contudo, estes produtos devem ser utilizados com moderação. Em hipótese alguma, substitua qualquer uma de suas refeições pelo ágar-ágar. O ideal é consultar um nutricionista antes de iniciar qualquer mudança mais profunda nos hábitos alimentares.

Pesquisar
Artigos Relacionados