Como tratar problemas de pele comuns em bebês

links patrocinados

Como tratar problemas de pele comuns em bebês

Uma característica bem comum a todos os bebês saudáveis, é a pele sedosa e macia, que originou a expressão pele de bebê. Por isso, qualquer tipo de alteração que fuja dessa maciez precisa ser tratada imediatamente e merece toda a atenção dos pais, já que isso pode significar um sinal de que o organismo do bebê não está recebendo oxigênio suficiente, além é claro de causar uma série de desconfortos à criança.

Confira mais

Como tratar problemas de pele comuns em bebês Saiba Como tratar problemas de pele comuns em bebês

Papais e mamães devem ficar de olhos bem aberto para as manchas, descamações e brotoejas na pele. Aprenda aqui a tratar alguns dos problemas de pele mais comuns em bebês e saiba como cuidar de cada um deles.

Conheça Como tratar problemas de pele comuns em bebês

Brotoejas: O que é, perigo e como tratar

As brotoejas são algumas bolinhas vermelhas que aparecem principalmente na região do pescoço, nas dobrinhas ou ainda nas axilas dos bebês. Elas são causadas pelo entupimento das glândulas responsáveis pelo suor.

Além do incômodo ao bebê, as brotoejas podem coçar e se tornarem foco para a proliferação de micro-organismos e para que ocorram infecções e irritações na pele. Por isso, o ideal é trata-las o mais rapidamente. Como ela surge por causa da transpiração e o que faz o bebê transpirar é o excesso de calor, o ideal é deixar a criança o mais fresquinha possível. Utilizar talco líquido, vestir a criança sempre com roupas leves, limpar a saliva que escorre da boca, dar mais de um banho de dia sem usar sabonete em todas as lavagens e secas as regiões úmidas do corpo podem também ajudar para evitar que as brotoejas apareçam.

Saiba Como tratar problemas de pele comuns em bebês

Hemangiomas: o que é, perigos e como tratar

As hemangiomas são apenas manchas avermelhadas, uma espécie de resultado da projeção de vasos sanguíneos na superfície da pele. Pode-se dizer que este problema é muito comum em bebês e a criança já nasce com ela.

As hemangiomas podem evoluir para problemas mais graves e por isso, o ideal é procurar um dermatologista de confiança caso as manchas não desapareçam de forma natural. Além disso, apenas um profissional da área poderá prescrever o melhor medicamento adequado para tratar o problema.

Como tratar problemas de pele comuns em bebês - saiba mais

As descamações de pele

As descamações de pele também é muito comum em bebês e pode-se dizer que ela até é esperado após o nascimento da criança. Isso porque, cada bebê passa em média 40 semanas em um meio aquático e por isso, a sua pele precisa ser trocada para que ela começa a atendar as exigências desse nosso ambiente.

Apesar de ser normal, a descamação de pele pode indicar a presença de uma alergia, ser alguma reação a produtos utilizados para a higiene da criança ou indicar ainda uma dermatite, um tipo de inflamação da pele.

A melhor forma de tratar esse problema é evita utilizar produtos com muita química. Opte por fazer a higienização com algodão e água morna e utilizar ainda um sabonete de glicerina. Os lencinhos umedecidos também devem ser evitados sempre que isso for possível. Se o problema persistir, consulte um pediatra de sua confiança.

Pesquisar
Artigos Relacionados