Como tratar picadas de inseto, assaduras, impetigos e eczemas em bebês

links patrocinados

Como tratar picadas de inseto, assaduras, impetigos e eczemas em bebês

Você certamente já deve ter escutado a expressão “pele de bebê”, não é mesmo? E quem é que não quer uma pele macia e saudável? Essa expressão foi originada graças à pele dos bebês e por isso, qualquer tipo de alteração na pele que fuja dessa seda e maciez deverá ser tratada imediatamente. Além disso, algumas marcas na pele podem indicar uma série de desconforto para os bebês e indicar que o organismo não está recebendo a quantidade ideal de oxigênio.
Aprenda o que é, os perigos e como tratar as picadas de inseto, assaduras, impetigos e eczemas em bebês.

Picadas de inseto e impetigos

A melhor forma de defender o seu bebê contra as picadas de inseto e de pernilongos é colocando ao redor do berço um mosquiteiro. Além disso, há disponível no mercado algumas espécies de tomadas que liberam substâncias repelentes e produtos que podem ser passados até mesmo na roupinha da criança.

Como tratar picadas de inseto, assaduras, impetigos e eczemas em bebês Saiba Como tratar picadas de inseto, assaduras, impetigos e eczemas em bebês

Um grande perigo nas picadas de inseto é que algumas crianças podem ser alérgicas a determinados bichos, o que pode acabar causando uma reação exagerada do organismo e inúmeras lesões pelo corpo. Vale ressaltar que se o bebê for picado e não demonstrar nenhum tipo de reação a não ser bolinhas vermelhas, os pais não terão porque se preocupar.

Conheça Como tratar picadas de inseto, assaduras, impetigos e eczemas em bebês

Confira mais

Para tratar as picadas de inseto, o ideal é fazer compressas frias na região afetada. Este cuidado ajuda a aliviar a coceira e em muitos casos, impede que o veneno do ferrão se espalhe pelo corpo. Vale ressaltar que se for observada algum tipo de reação alérgica, o ideal é que o seu bebê seja levado ao médico imediatamente.

Outro problema muito comum na pele de bebês são os impetigos, um tipo de infecção de pele que se apresenta em forma de machucados cheios de furúnculos e de pus. Em geral, esse problema acontece por causa da picada de um mosquito que foi contaminada por micro-organismos. O grande perigo deste tipo de infecção é a migração destas bactérias para o resto do corpo.

Por isso, ao observar este problema na pele do seu bebê, procure um médico. O tratamento contra o impetigo é feito por meio de antibióticos e dependendo da resistência desses micro-organismos, pode durar meses.

Confira Como tratar picadas de inseto, assaduras, impetigos e eczemas em bebês

Eczemas

Outro problema de pele muito comum em bebês são os eczemas, que nada mais é do que o aparecimento de bolhas no corpo. Esse tipo de irritação de pele fica em evidência pela secura, escamosidade e espessura da pele. O grande problema causado pela eczema é o desconforto e a coceira no bebê, além de poderem se tornar a porta de entrada para agentes infecciosos.
Para tratar as eczemas, a criança deve ser levada a um pediatra para verificação da causa do problema.

Como tratar picadas de inseto, assaduras, impetigos e eczemas em bebês - saiba mais

Assaduras

As assaduras também são muito comuns em bebês. Além de causar muito incômodo para o bebê, as assaduras tornam-se o foco de infecções e podem causar dor. Para combater este problema, o ideal é utilizar pomadas neutras na região afetada, a fim de criar e fortalecer a barreira de proteção da pele.

Pesquisar
Artigos Relacionados