Bulimia – Tratamento e Sintomas da Bulimia

links patrocinados

Bulimia - tratamento e sintomas da bulimia

Bulimia – Tratamento e Sintomas da Bulimia

Tratamentos e sintomas da bulimia

A bulimia é uma doença de origem principalmente psicológica, em que a pessoa ingere alimentos em excesso e causa vômitos ou consome laxantes com a ilusão de que isso a fará perder o peso que ganhou com a ingestão de alimentos em demasia.

A origem da doença é psicológica porque geralmente está associada ao fato de que a pessoa acredita que tem sua alimentação e peso desregulares. Ao perceber isso, o sentimento de culpa durante a ingestão de qualquer tipo de alimento – mesmo que em quantias normais e aceitáveis para aquela pessoa – se torna tão grande, que faz com que a pessoa induza o vômito.

As características da bulimia

Tratamento da Bulimia

Essa doença é mais observada em mulheres, que sofrem por pressão tanto interna quanto externa. A sociedade em si, já expõe em revistas de moda e beleza quais são os padrões de beleza da mulher brasileira. Os desfiles de moda já foram alvo desse tipo de contestação, e algumas modelos já foram identificadas como bulímicas, mas atualmente, a cultura entre as modelos é a de se alimentar com qualidade, em quantidades adequadas para suas atividades e peso corporal.

Uma das situações em que é possível identificar a doença em alguma pessoa, é na hora de ir ao dentista. Examinando os dentes e gengiva da pessoa, no caso de ela ter o esmalte dos dentes desgastados, ou infecções na gengiva, esses fatores podem ser decorrentes da exposição dos dentes ao ácido contido no vômito.

Outros sintomas observados com frequência em pessoas com essa doença:

Causas da Bulimia

– Vasos sanguíneos dos olhos rompidos (causado pelo esforço para induzir o vômito);

– Boca seca;

– Aparência em forma de bolsa nos cantos da boca (pois as glândulas salivares ficam inchadas);

– Erupções e espinhas;

– Pequenos cortes e calos na parte superior das articulações dos dedos das mãos (causados por que a pessoa força os vômitos).

É mais comum do que imaginamos

O transtorno alimentar é na maioria das vezes relacionado ao fato de que as pessoas cobram de si mesmas que tenham corpos perfeitos, assim como os das modelos que são vistas na televisão e em algumas revistas.

Esse tipo de pensamento é comum em adolescentes, principalmente. Elas começam a pesquisar na própria internet maneiras de emagrecer com facilidade, e acabam encontrando comunidades de outras meninas que também cultuam a bulimia como sendo uma boa prática.

A partir daí, as refeições passam a ser um desgaste diário, já que após cada uma delas, a pessoa vomita, ou utiliza laxante.

Como evitar a doença

Bulimia em adolescentes

A principal maneira de se evitar o desenvolvimento de um transtorno alimentar como a bulimia , é a orientação alimentar combinado a exercícios físicos.

Essa matemática, quando provada para as pessoas, deixa tudo mais simples: cada pessoa precisa encontrar seu equilíbrio para a alimentação e exercícios físicos diários. Estilo de vida, maneiras de se locomover até o trabalho, e coisas simples também são determinantes na hora de descobrir maneiras de se obter uma educação alimentar saudável e adequada para cada tipo de pessoa.

Principalmente com adolescentes, que ainda estão amadurecendo psicológica e fisicamente, é importante fazer o acompanhamento dos hábitos alimentares diários, sempre orientando para que seja feita a ingestão de alimentos saudáveis sem que isso se torne um problema na vida da pessoa, mas sim só mais um dos momentos da rotina diária.

Bulimia cuidados Consequencias da Bulimia

Pesquisar
Artigos Relacionados