As contratações mais caras do futebol internacional em 2013

links patrocinados

As contratações mais caras do futebol internacional em 2013

Há anos que o futebol deixou de ser apenas um esporte praticado por pessoas apaixonadas pela atividade física. O mundo futebolístico se tornou mais um ramo da economia. Todos os anos, nas famosas janelas de transferências, bilhões de euros, dólares, libras e reais são movimentados em grandes contratações de jogadores e técnicos. O futebol europeu é o que mais movimenta o mercado todos os anos, pois é lá que o futebol concentra os maiores investimentos.

Confira mais

As contratações mais caras do futebol internacional em 2013 Confira As contratações mais caras do futebol internacional em 2013

No Brasil, há uma histórica remessa de jogadores jovens e grandes promessas para o futebol europeu. Porém, nos últimos anos, os jogadores estão saindo daqui mais valorizados, como foi o caso de Neymar. O ex-craque santista segurou a ansiedade e rendeu 57 milhões de euros aos cofres do time da Vila Belmiro. Outro que teve o passe valorizado foi Bernard, que saiu do Atlético Mineiro para o Shaktar da Ucrânia por 25 milhões de euros.

Mesmo com essa ‘melhora’ na condição das transferências brasileiras para a Europa, muitas pessoas criticam os valores praticados nas contratações. Elas afirmam que isso é um absurdo com tanta gente precisando de melhores condições de vida em países pobres. Os clubes apenas ignoram as críticas e seguem gastando como podem.

As contratações mais caras de  2013

As contratações mais caras em 2013

As contratações mais caras do futebol internacional foram em 2013. . A provável maior de todos os tempos foi a transferência do jogador galês Gareth Bale do Tottenham da Inglaterra para o Real Madrid da Espanha por algo entre 92 e 100 milhões de euros. Nenhuma das partes confirma a real quantia, mas se o valor for acima de 94 milhões, o jogador de 24 anos será a maior contratação da história.

Além dele, o uruguaio Edinson Cavani, contratado pelo Paris Saint-Germain da França, junto ao Napoli da Itália, também foi um dos protagonistas da janela de transferências. Foram 64 milhões de euros, tornando-o a segunda contratação mais cara de 2013. Por 4 milhões a menos, Radamel Falcao, atacante colombiano, foi comprado pelo também francês, Mônaco, junto ao Atlético de Madrid, sendo a terceira contratação mais cara de 2013.

Jogadores bem pagos

A dúvida sobre Gareth Bale

A contratação de Gareth Bale, como já foi dito, foi uma das mais caras de 2013 no futebol internacional. Ela pode ser também a mais cara da história do futebol, quando forem confirmados os valores da negociação.

Há muitas polêmicas envolvendo a transferência: primeiro o valor estratosférico pago pelo Real Madrid ao Tottenham. O Real Madrid, inclusive, é protagonista neste tipo de negociação há anos. Foi o clube merengue que comprou Cristiano Ronaldo junto ao Manchester United em 2009. Até hoje esta é a contratação mais cara da história (94 milhões de euros).

O time espanhol é conhecido por gastar muito dinheiro para montar seus times e é alvo de inúmeras auditorias para verificar a procedência do dinheiro. Ativistas de ONGs que lutam contra a fome no mundo também batem de frente e tentam mostrar as autoridades que os altos valores são criminosos.

A FIFA estuda implementar algumas medidas para amenizar estes gastos. Enquanto isso não acontece, continuaremos a ver estes valores altíssimos sendo gastos com jogadores.

Jogadores com as contratações mais caras de 2013

Neymar: a contração mais cara de 2013 no Brasil

Neymar, a maior revelação brasileira dos últimos anos, também está na lista das contratações internacionais mais caras de 2013: foram 57 milhões de euros, tornando-o a oitava contratação mais cara da história.

Pesquisar
Artigos Relacionados