Rubéola LGG reagente

links patrocinados

Rubéola IgG reagente

Rubéola IgG reagente

Um dos exames laboratoriais mais pedidos por médicos do mundo inteiro é um exame de sorologia que busca avaliar a dosagem de dois tipos de moléculas, a IgG e a IgM. A IgM é um tipo de modela que se forma de forma rápida no corpo humano após que ele tenha contato com qualquer tipo de bicho. Com isso, o corpo pode preparar as suas desejas e combater a entrada de uma molécula invasora, que pode ser sinal de infecção.

Já a molécula IgG é um tipo de molécula que leva mais tempo para ser formada. Com ela, o corpo humano conte preparar células de defesa que buscam impedir uma nova infecção por algum tipo de bicho este tipo de molécula lembram soldados que buscam reconhecer e combater inimigos específicos.

Através das moléculas IgG o corpo humano podem pedir que a pessoa acabe desenvolvendo uma nova infecção semelhante a primeira. Dessa forma, o corpo se protege e evita que todas as vezes que o individuo desenvolva infecções quando entrar em contato com o mesmo animal.

Em diversos tipos de doenças, como a toxoplasmose, a rubéola, a varicela e também o citomegalovírus, os exames alborotarias são feitos para identificação a presença dos dois tipos de células no corpo humano. Este exame e chamado de sorologia, uma vez que ele identifica ou não a presença de moléculas.

Resultados de exame

Existem basicamente quatro tipos de resultados que a pessoa pode ter quando ela passa por estes exames de tipologia. O primeiro é quando apresenta IgM negativo, não reagente, e IgG positivo, reagente. Este diagnóstico indica que a pessoa é imune, há que teve contato prévio com o animal e possui defesas contra a infecção. Este resultado indica que a pessoa não precisa se preocupar com o desenvolvimento da doença.

O segundo é o IgM positivo, reagente, e IgM negativo, não reagente. Este caso aponta casos de infecção aguda, quando a pessoa entra em contato com a contaminação pela primeira vez e está desenvolvendo defesas. Neste caos é necessário acompanhamento médico.

O terceiro é quando tanto o IgM quanto o IgG dão positivos, reagentes. Indica que o resultado é indeterminado e não é possível determinar se a pessoa já teve contato com o agente causador. O ultimo é o IgM e IgG negativos, não reagentes, indica que a pessoa ainda não teve contato com o causador. Em ambos s casos é importante ter acompanhamento medico, especialmente mulheres grávidas.

Hepatite A - sintomas, tratamento e vacina da Hepatite A

Hepatite A – sintomas e vacinas da Hepatite A

Sobre a Hepatite A

Quando somos crianças tomamos diversos tipos de vacinas. Dentre eles, o da Hepatite A. Mas o que é exatamente esta doença? Como ela se manifesta? O que fazer caso uma pessoa seja contaminada? Confira neste artigo mais informações sobre a Hepatite A.

Primeiramente é bom deixar claro que a Hepatite A é uma doença contagiosa, transmitida pela boca ou pelo contato com fezes através dos alimentos ou de água contaminada. Portanto, ela está intimamente ligada à falta ou à deficiência de saneamento básico.

Sintomas da Hepatite A

Muitas vezes, a pessoa acaba sendo contaminada pela Hepatite A, mas não sabe que teve a doença. Isto acontece porque, em alguns casos, ela é assintomática.

O período de incubação da Hepatite A é de duas a seis semanas e nem sempre os sintomas se manifestam. De qualquer forma, a pessoa continua transmitindo o vírus.

Uma minoria das pessoas apresenta sintomas de infecção da Hepatite A, como febre, dores musculares, cansaço, mal estar, falta de apetite, enjoos e até vômito. Após alguns dias, ainda podem aparecer a icterícia (aquele aspecto amarelado da pele e dos olhos), as fezes podem ficar com uma cor amarelo-esbranquiçado e a urina tem uma coloração bastante escura.

Como Evitar a Hepatite A

Algumas atitudes podem ser tomadas para evitar a Hepatite A. A primeira atitude é evitar comer frutos do mar crus ou mal cozidos. Alimentos e bebidas de maneira geral em que você não sabe como foram preparados também devem ser evitados. A água deve ser sempre fervida ou ser mineral. As mãos devem ser bem lavadas antes de comer ou após ir ao banheiro. Em caso de pegar a doença, evite bebidas alcoólicas durante a fase aguda da doença e nos seis meses seguintes. E se você faz as unhas em salões de beleza, leve seus utensílios pessoais ou confirme que eles foram devidamente esterilizados.

Tratamento da Hepatite A

Não há um tratamento específico para a Hepatite A. De maneira geral, há um repouso relativo e apenas é indicada a não ingestão de bebidas alcoólicas.

Vacina da Hepatite A

Duas vacinas são específicas para a Hepatite A. Uma delas deve ser aplicada duas vezes com um intervalo de seis meses. A outra são três doses administradas nos mesmos seis meses.

O problema é que a vacina da Hepatite A não está inclusa no programa oficial de vacinação do Ministério da Saúde. Mesmo assim, ela deve ser administrada antes de a criança completar um ano, para que a eficácia seja maior.

GD Star Rating
loading...
Rubéola LGG reagente, Nota: 5.0 de 5 com 1 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados