Piso salarial no Rio de Janeiro

links patrocinados

Piso salarial no Rio de Janeiro

Piso salarial no Rio de Janeiro

É chamado piso salarial o menor valor de pagamento que os colaboradores de um Estado poderão receber, cada categoria de trabalho tem um piso salarial e este poderá ser modificado mediante acordo ou convenção coletiva de trabalho.

As convenções coletivas de trabalho e o piso salarial

As convenções podem ser de abrangência no Estado ou apenas em uma empresa, depende dos salários que são acordados e se há aceitação por parte da empresa e funcionários. As manutenções do piso salarial de cada categoria e seus devidos reajustes são feitos para diminuir a grande rotatividade de pessoal em determinadas profissões e empresas, uma vez que o funcionário procura as empresas que lhe proporcionarão melhores condições de trabalho e melhores salários e benefícios. Cada categoria de trabalho pertence a um determinado sindicato e é ele que faz a ligação entre os colaboradores, às empresas e o Estado.

Lei 6.163/2012

Este é o número de lei aprovada em fevereiro de 2012 pelo, então, Governador do Rio de Janeiro para ajustar os pisos salariais de nove categorias trabalhistas que não o possuem registrado em convenções coletivas de trabalho ou lei federal. Esta Lei chegou para revogar a sua antecessora e reajustar os salários destas categorias que não têm seu piso definido em quaisquer documentos oficiais.

Rio de Janeiro Piso salarial

Categorias trabalhistas que tiveram seu piso reajustado em fevereiro de 2012

As categorias que tiveram seus pisos salariais reajustados no início de 2012 estão divididas em nove porções de profissões semelhantes e agrupadas para definir o menor salário que segundo lei, esses profissionais poderão receber. Caso as empresas não possuam Convenções Coletivas de Trabalho e registrem os funcionários com salários inferiores ao divulgado pela lei, poderão responder legalmente para o funcionário reaver o valor em que ele saiu lesado.

A primeira categoria que teve seu piso salarial reajustado é a dos trabalhadores agropecuários e florestais, que conta com o valor mínimo de R$ 693,77 mensais. Já a segunda categoria trabalhista é a que compreende os seguintes trabalhadores e profissionais que executam trabalhos semelhantes a: carteiros; operadores de caixa, cozinheiros; trabalhadores em serviços administrativos; trabalhadores de preparação de alimentos e bebidas; lavadeiras e tintureiros; barbeiros, trabalhadores de fabricação de calçados e artefatos de couro; manicures, esteticistas, maquiadores, depiladores e pedicures; trabalhadores de tratamento de madeira, de fabricação de papel e papelão; cabeleireiros, operadores de máquinas; pescadores; dedetizadores; criadores de rãs; tecelões e tingidores; fiandeiros; trabalhadores de curtimento; vidreiros e ceramistas; trabalhadores de costura; confeccionadores papel e papelão; trabalhadores dos serviços de saúde; vendedores; proteção e segurança; turismo e hospedagem; motoboys que têm seu salário mínimo em R$ 756,46.

Piso salarial no Rio de Janeiro - valor

As categorias posteriores terão salários pouco mais elevados e culminam na nona categoria que compreende trabalhadores de nível superior que atuam nas seguintes áreas: biólogos; administração de empresas; nutricionistas; arquivistas; biomédicos; advogados; arquitetos; terapeutas ocupacionais; engenheiros; profissionais de educação física; estatísticos; bibliotecários; fonoaudiólogos; farmacêuticos; fisioterapeutas; psicólogos; contadores; assistentes sociais; profissionais de turismo e enfermeiros. E seus salários têm o piso de R$ R$ 1.861,44.

Outros benefícios empregatícios

Além de manter os salários de seus funcionários de acordo com o piso estipulado, os empregadores deverão fornecer alguns benefícios como auxilio refeição e transporte. Se você é trabalhador e deseja estar consciente de tudo o que você deve receber e oferecer confira a CLT e as Convenções Coletivas do Trabalho, assim como as Leis em vigor que são incluídas a sua categoria trabalhista. Mantenha-se sempre informado e exija o que é seu por direito.

Valor do Piso salarial no Rio de Janeiro Piso salarial no RJ

Vídeo Piso salarial no Rio de Janeiro

Confira um vídeo sobre o projeto do piso salarial no Rio de Janeiro

Pesquisar
Artigos Relacionados