Lancenet Flamengo

Lancenet Flamengo

Lancenet Flamengo

Aquém das expectativas

A temporada de 2015 iniciou relativamente tranquila no Flamengo, com uma política de pés no chão da diretoria e principalmente dentro de campo, quando o clube entrou para a disputa do campeonato estadual ostentando o fardo de ser o grande favorito. Fato que ficou mais evidente diante do enfraquecimento dos seus rivais, com o Fluminense ainda meio sem chão após o rompimento com a Unimed, um Vasco que voltou a primeira divisão sem convencer, enquanto o Botafogo depois de uma temporada desastrosa trocou de lugar com seu rival de São Januário, descendo a ladeira rumo a Série B.
Na teoria ninguém estava em condições emocionais e nem técnicas de evitar mais uma conquista da equipe da Gávea. Mas a prática ficou aquém do esperado e o time teve de ver as finais do Campeonato Carioca pela TV, vendo o título do seu algoz na semifinal, o Vasco derrotando o Botafogo, que havia sido o campeão da Taça Guanabara, após um tropeço do time de Vanderley Luxemburgo na última rodada, que não saiu do empate diante do lanterna Nova Iguaçu, deixando de bandeja a taça da Guanabara para o clube de General Severiano.

Fim da era Luxemburgo

Passada a tristeza pela decepção no estadual, o Flamengo tem na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro a chance de dar alguma alegria a sua nação. Mas bastou rolar a bola na competição nacional e os resultados voltaram a deixar a desejar. Nas três primeiras partidas o time somou apenas um ponto, obtendo sua pior largada na era dos pontos corridos. O mau início custou caro ao treinador, que não resistiu aos tropeços encerrando seu ciclo frente ao clube. Esta foi a quarta passagem de Luxemburgo pelo rubro-negro tendo comandado a equipe em 59 partidas, somando 34 vitórias, 11 empates e 14 derrotas. O grande feito fica por conta da campanha no Brasileirão do ano passado, quando chegou à Gávea após a Copa do Mundo com o time na zona do rebaixamento, conseguindo contornar a situação e evitando, assim, um desastre maior como o rebaixamento.

Cristóvão Borges foi o nome escolhido para reconduzir o clube ao caminho das vitórias. E, para surpresa de alguns, Jayme de Almeida, treinador campeão da Copa do Brasil de 2013 com o clube, foi reintegrado e fará parte da nova comissão técnica do Flamengo para a restante da temporada.

Reforços chegando

Desde o início de 2015 se aclamava por reforços de peso no clube e somente antes da disputa da Copa América, que a diretoria conseguiu presentear sua torcida anunciando a contratação do artilheiro Paolo Guerrero, ídolo no Corinthians. O peruano de 31 anos assinou com time da Gávea por três anos e receberá R$ 650 mil por mês, mais luvas de R$ 16 milhões. O custo da contratação foi viabilizada com a ajuda dos patrocinadores do clube, como a Caixa Econômica Federal e a Adidas.

Além de Guerrero, Émerson Sheik, companheiro do peruano no Corinthians, também chega para reforçar o ataque rubro-negro. Do Palmeiras veio o meia Allan Patrick e lateral direito Ayrton. Alecsandro, em contrapartida, fez o caminho inverso, desembarcando no Palestra Itália.

Esperança renovada

Com a casa em dia e com um elenco em condições de brigar na parte de cima da tabela resta agora o casamento entre time e arquibancada vingar. Cristóvão Borges e Jayme de Almeida tem a chance de recolocar o clube no eixo, e porque não sonhar com títulos? Afinal a nação já mostrou inúmeras vezes sua força para empurrar a equipe e no que depender dela, este apoio não irá faltar. Resta agora o time corresponder dentro de campo para que 2015 possa terminar em vermelho e preto.

GD Star Rating
a WordPress rating system
Lancenet Flamengo, Nota: 4.4 de 5 com 8 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados