Educação Profissional

Educação Profissional

Educação Profissional

Sobre a Educação Profissional

Antigamente só estudava quem tinha dinheiro. As pessoas se formavam em Direito, Engenharia ou Medicina. Eram todos doutores. Depois, a classe média chegou à universidade. O número de cursos aumentou e todos puderam escolher uma profissão que se encaixasse melhor com o seu perfil. Mas boa parte da população ainda ficava de fora do Ensino Superior. Para resolver este problema, começou a aparecer os cursos de educação profissional.

A educação profissional é prática. O objetivo dela é formar pessoas – sejam as que já estão no mercado de trabalho, seja os estudantes – para o mercado de trabalho, ou seja, é ampliar as suas habilidades profissionais e capacitá-los para serem bons naquilo que escolheram.

Para conseguir isto, há três níveis de educação profissional no Brasil: o nível básico, o técnico e o tecnológico.

Nível Básico – Educação Profissional

O nível básico é o mais simples de todos. Pessoas com qualquer nível de instrução podem fazer cursos de nível básico e qualquer instituição de ensino pode ofertar estes cursos. É o mais incompleto de todos os níveis da educação profissional.

Nível Técnico – Educação Profissional

Apenas estudantes ou pessoas que tenham completado o Ensino Médio podem participar dos cursos de nível Técnico. Qualquer instituição de ensino pode ofertar os cursos, mas deve ter a permissão da Secretaria Estadual de Educação. Pode-se fazer o curso de maneira inegrada ou separada do Ensino Médio.

Nível Tecnológico – Educação Profissional

É o mais completo e formal de todos. Apenas instituições de Ensino Superior podem ofertar cursos de nível Tecnológico. Ele pode ter o mesmo valor de uma graduação ou, até mesmo, de uma pós graduação.

GD Star Rating
loading...
Educação Profissional, Nota: 4.0 de 5 com 1 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados