Sete (7) Maravilhas do Mundo Moderno

Sete (7) Maravilhas do Mundo Moderno

Sete 7 Maravilhas do Mundo Moderno

As Sete Maravilhas do Mundo Moderno foi uma iniciativa criada em 2001, com duração até o ano de 2007, que tinha como objetivo selecionar as sete grandes atrações turísticas do mundo, a partir de uma listagem de mais ou menos duzentos monumentos, sendo que os escolhidos foram anunciados no dia sete de julho de 2007. O julgamento foi feito por uma fundação criada justamente para avaliar esses pontos turísticos e também com votações realizadas através da internet (sendo que no total foram mais de cem milhões de votos, tanto no sistema online até pelo telefone). A enquete foi considerada a maior criada no mundo, também envolvendo o maior número de pessoas.

A iniciativa em si teve tanto críticas duras quanto pessoas empolgadas em divulgar e fazer campanha para o seu país, sendo que no começo, até mesmo a União das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) participou do programa, retirando suas ligações pouco antes dos resultados terem sido divulgados. Houve também uma polêmica envolvendo a arrecadação de verba para a instituição que realizou a enquete, sendo que posteriormente a organização negou ter feito qualquer lucro ou aceito doações de qualquer órgão público (o que poderia afetar a votação). Os próximos projetos incluem as Sete Novas Maravilhas da Natureza e as Sete Novas Cidades Maravilhosas.

Os ganhadores foram: o Taj Mahal, localizado na cidade de Agra na Índia, Chichen Itza, localizado em Yucatán no México, o Cristo Redentor, localizado no Rio de Janeiro no Brasil, o Coliseu, localizado em Roma na Itália, a Muralha da China, na China, a cidade de Machu Picchu, na região de Cuzco no Peru e Petra, localizado em Jordão. A única maravilha antiga que ainda existe, as Pirâmides do Egito, ganharam uma menção honrosa.

Curiosidades sobre as 7 Maravilhas do Mundo Moderno

As Pirâmides acabaram sendo incluídas após uma polêmica com o governo do Egito, pois o monumento estava juntamente com todos os outros na disputa, o que foi considerado um desrespeito. No Brasil, a crítica foi quanto ao patrocínio de empresas privadas pela campanha, que sem dúvida tinha por trás um viés turístico do país, sendo que o marketing foi tão viral que vários brasileiros afirmaram ter recebido mensagens de texto para que, ao responder, autorizassem um voto no monumento carioca.

Nos outros países, como Peru, Chile e Índia, os governos federais realmente divulgaram a campanha e tentaram incentivar os cidadãos a votarem, mas não chegou a ser tão invasivo e direto como no Brasil. Alguns dos principais finalistas foram: Acrópolis (Atenas, Grécia, Estátua da Liberdade (Nova York, Estados Unidos), Alhambra (Granada, Espanha), Ópera de Sydney (Sydney, Austrália), Angkor Wat (Angkor, Camboja), Moal (Chile), Timbuktu (Timbuktu, Mali), Torre Eiffel (Paris, França), Stonehenge (Amesbury, Reino Unido), Hagia Sophia (Istambul, Turquia), Praça Vermelha (Moscou, Rússia), Kyomizu Dera (Kyoto, Japão) e Neuschwanstein (Füssen, Alemanha).

Apesar de terem tantos escritos, o ranking sempre se manteve em sete e acaba excluindo muitos outros pontos importantes. Algumas pessoas até hoje consideram a perda da Torre Eiffel imperdoável, mas talvez seja realmente uma falha de campanha nos países envolvidos.

Muralha da China

7 sete maravilhas do mundo moderno

A grande muralha da China foi construída durante várias dinastias da China imperial e demorou cerca de dois mil anos para ficar pronta. A muralha não constitui um muro único, e sim várias partes que se estendem por cerca de cinco mil quilômetros.

A sua função no passado foi de proteger o império Chinês, principalmente da invasão dos Mongóis (etnia que habitava a Mongólia). Cada parte da muralha é constituída por um tipo diferente de material, desde tijolos a granito. Ela ficou pronta no apogeu do império Chinês, na Dinastia Ming, no século XV.

Ruínas de Petra

7 sete maravilhas do mundo moderno

A “cidade de pedra” de Petra é uma das mais famosas escavações arqueológicas do mundo e está localizada na Jordânia, que faz fronteira com Israel.

A fachada principal possui 42 metros de altura e 30 metros de comprimento e foi esculpida em pedra rosada. Os arqueólogos dizem que a cidade foi esculpida devido aos grandes terremotos que abalavam a região e sempre destruíam as casas dos moradores.

Cristo Redentor

7 sete maravilhas do mundo moderno

A estátua do Cristo Redentor está localizada na cidade do Rio de Janeiro, no topo do morro do Corcovado, a 709 metros acima do nível do mar. Ela possui 38 metros de altura, sendo 8 em cima de um pedestal. O Cristo Redentor foi inaugurado no dia 12 de outubro de 1931, dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

Um padre católico propôs a idéia de construir um monumento religioso no local para a Princesa Isabel em 1859. Mas as idéia só foi finalmente colocada em prática no ano de 1921, em comemoração ao centenário da independência brasileira.

Machu Picchu

7 sete maravilhas do mundo moderno

A cidade dos Incas, Machu Picchu, está localizada no Peru, no topo de uma montanha a 2400 metros de altitude. A beleza arquitetônica e sua localização a transformaram em uma das ruínas mais belas do mundo.

Dizem os historiadores, que a função da cidade era de observar os demais territórios conquistados (por isso ela foi construída em cima de uma alta montanha) e de abrigar o líder do império Inca em caso de ataques de povos inimigos.

Chichén Itzá

7 sete maravilhas do mundo moderno

A capital do império Maia, Chichén Itzá, está localizada no México e é a principal representação do desenvolvimento arquitetônico desta civilização pré-colombiana. A cidade foi o centro político e econômico dos Maias. A pirâmide de Kukulcán é o símbolo maior da cidade e o monumento mais visitado pelos turistas.

Coliseu

7 sete maravilhas do mundo moderno

O grande anfiteatro e arena de batalhas conhecido como Coliseu está localizado na cidade italiana de Roma e foi o grande símbolo do Império Romano. Nos tempos áureos, o Coliseu chegou a abrigar cerca de 50.000 espectadores. Ele possui 48 metros de altura e demorou cerca de 10 anos para ser construído.

O Coliseu foi construído para ser o maior palco do Império Romano e principalmente para distrair uma população pobre que habitava a cidade, com duelos entre gladiadores e animais, que representavam a política de “pão e circo” de Roma.

Taj Mahal

7 sete maravilhas do mundo moderno

O Taj Mahal é um mausoléu e está localizado na Índia. Ele foi construído pelo imperador Shah Jahan em memória a sua esposa falecida. O monumento demorou cerca de 20 anos para ficar pronto e é constituído quase que totalmente por mármore branco. O Taj Mahal é considerado a maior prova de amor do mundo, sendo visitado freqüentemente por milhares de pessoas.

GD Star Rating
loading...
Sete (7) Maravilhas do Mundo Moderno, Nota: 4.6 de 5 com 491 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados


9 comentários em "Sete (7) Maravilhas do Mundo Moderno"

  1. caroline maia 01/04/2010 às 15:40

    É bastante interessante essa pesquisa, obrigada pelas informações!

  2. Sarah 18/11/2008 às 20:37

    Estou fazendo uma pesqquiza sobre isso tbm.Acho esse assunto bem interessante!

  3. Eliane lucio 11/11/2008 às 09:21

    muito obrigada

  4. André 31/10/2008 às 13:42

    tuuuuudo de bom

  5. jeniffer 21/08/2008 às 12:13

    AS figuras estao muito linda

  6. francinne 05/08/2008 às 13:57

    tmb estou fazendo trabalho da escola e tem q colocar com quandtos votos cada uma delas receberão,por favor m ajudem e pra depois de amanhã!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!obrigado

  7. Thais 28/07/2008 às 18:42

    Oiee.
    estou fazendo um trabalho de escola sobre as ste maravilhas do mundo e preciso encontrar a sua localização completa(pais continente etc)
    se alguem puder me ajudar agradeço.!

  8. *–*–Andressa … 19/07/2008 às 18:57

    Oieee …..eu quero que de + de deis páginas comentando as 7 maravilha do mundo moderno se alguém me ajudar …=) vou ficar Feliz ..=p

  9. jonathan 25/04/2008 às 18:29

    imprimir