Dor de Dente

links patrocinados

Dor de Dente

Dor de Dente

A dor de dente está entre as piores dores que o ser humano possa sentir em sua vida. Mesmo com a escovação e atenção quanto à higiene bucal, ainda sim, em se tratando da saúde de seus dentes, todo cuidado é pouco.

O que é a Dor de Dentes

Há diversas situações e problemas que podem fazer surgir a dor de dente. Ela é caracterizada por diversas sensações, como pode ser forte e temporárias, pode latejar, ou ainda se apresentar moderada ou constante. Para alguns, a dor de dente aparece apenas pressionando o local atingido.

Dente com dor

Além disso, outros sintomas podem ser percebidos durante uma crise de dor de dentes: sangramentos, gengiva inchada e bastante avermelhada, coloração diferenciada em torno do dente atingido, febre ou crises de enxaquecas e, às vezes, acúmulo de pus na área do dente, caracterizando uma infecção. A dor de dente ainda pode causar dores no ouvido, amídalas e sensação de náusea. Quando a dor de dente persistir por mais de um dia, é necessário procurar um dentista.

Causas e Tipos de Dor de Dente

A dor de dente pode ser de diversos tipos e possuir várias causas. Nem sempre a causa está relacionada a problemas bucais. É importante saber que a dor de dente jamais acontece por mero acaso.

  • Cáries: Nem sempre a pessoa sabe que está com cáries e a dor de dente pode indicar sua presença, assim como a hipersensibilidade ao quente e ao frio. A cárie é causada por bactérias em ação com a acidez bucal, com o tártaro e com a placa, e se caracteriza pela destruição erosiva em pequenos pontos na cavidade do dente (no esmalte e na dentina). Quando a cárie se agrava, a dor e a sensibilidade aumentam, e se não for tratada, pode chegar à polpa do dente, causando uma infecção ainda maior.
  • Infecções e erupção: Muitas vezes, a dor é causada pela pressão e impacto dos dentes. É a pressão exercida que pode causar a dor. Um exemplo disso é a dor de dente causada pelo siso. Ao rasgar a gengiva para tentar nascer, a pressão causa dor e pode infeccionar a região.
  • Doenças da gengiva: A gengiva, ou os tecidos moles da boca, podem ser alvo de várias doenças causadoras da dor de dente. A doença periodontal, por exemplo, também conhecida como gengivite, tem a causa devido ao acúmulo de excesso de placa bacteriana em volta da linha da gengiva. Esta placa pode liberar toxinas e causar infecções sérias, e até a perda óssea na região e perda de outros dentes saudáveis.
  • Outras causas: Outros problemas não tão comuns que podem causar dores de dente, como fissuras e dentes quebrados, restaurações danificadas, problemas na articulação da mandíbula, cistos e abscessos, sinusite e até mesmo doenças cardíacas.

Tratamento e Prevenção

Cuidados com o dente

A primeira coisa que as pessoas fazem quando têm dor de dentes é tomar um analgésico. No entanto, o Paracetamol ou o iboprufeno podem ser medicamentos que não tragam alívio caso a dor de dentes seja persistente e intensa. De qualquer forma, estes medicamentos não irão solucionar o verdadeiro problema que está por detrás da dor de dente. Além disso, não é recomendado o consumo de medicamentos sem prescrição médica.

O dentista irá verificar a causa real do problema, realizar os procedimentos necessários e indicar medicamentos que podem inibir a dor. Quanto mais rápido se busca o tratamento com o especialista, menores são as chances do problema piorar.

Cirrugia no dente

A higiene bucal e cuidados com os dentes podem prevenir os problemas causadores de dor. Escovar correta e frequentemente os dentes, usar fio dental e até um bom enxaguante bucal, evitar a ingestão de alimentos que são ricos em açúcar são medidas básicas para manter a saúde bucal.

Além disso, deve-se consultar o dentista pelo menos duas vezes ao ano ou sempre que sentir um mal-estar. O dentista também poderá fazer limpezas especializadas e tratamento com flúor.

Dor de Dente na gravidez

Apenas o dentista pode avaliar a causa da dor de dente e indicar medidas para o tratamento. No caso de mulheres grávidas, nenhum medicamento pode ser ingerido sem orientação médico-odontológica, pois pode causar reações bem graves. O problema é bem comum entre grávidas, mas estas muitas vezes deixam de ir ao dentista assim que surgem os sintomas, por medo que possa afetar seu bebê. Os tratamentos dentários podem ser realizados em mulheres grávidas, desde que tenham acompanhamento médico.

É importante ressaltar que a cárie pode ser uma porta de entrada para infecções, que podem ou não interferir na gestação e na condição do bebê. Quanto antes for tratada, melhor.

Tipos de dor de dente Causas de dor no dente

Pesquisar
Artigos Relacionados