Conjuntivite

links patrocinados

Conjuntivite

Conjuntivite

Olhos vermelhos, coceira e irritação, secreção em excesso no globo ocular. Esses são alguns dos sintomas da conjuntivite, a inflamação mais comum que afeta a membrana conjuntiva – o branco dos olhos.

A conjuntivite pode ocorrer em um ou nos dois olhos, além de variar entre crônica ou aguda. Geralmente, a inflamação acontece por reações alérgicas variadas ou bactérias que podem ser contagiosas. Aglomerações de pessoas e ambientes poluídos contribuem para que a conjuntivite seja transmitida.

Sintomas e Causas da Conjuntivite

Na conjuntivite bacteriana, um dos sintomas mais visíveis além da vermelhidão nos olhos é a secreção abundante pus. Isso acontece devido a infestação de bactérias como a Streptococcus Pneumoniae, Haemophilus Influenzae e Staphylococcus Aureus. Essas bactérias são responsáveis também por doenças como a meningite e a pneumonia.

Causas da Conjuntivite

A conjuntivite causada por bactérias, vírus e fungos é enquadrada na categoria de conjuntivite infecciosa. A doença também pode ser alérgica ou tóxica.

É comum que a conjuntivite alérgica aconteça em períodos com bastante incidência de pólen no ar, como a primavera. Por essa razão, a conjuntivite alérgica também é chamada de febre primaveril e ataca pessoas mais suscetíveis a alergias.

Recomendações para evitar a conjuntivite

Remedios para Conjuntivite

Em tempo seco e quente a incidência da conjuntivite é maior, por isso é necessário ter mais cautela para evitar a doença. Uma boa higiene pessoal é a melhor prevenção contra a conjuntivite. Cuidados redobrados na hora de lavar as mãos e o rosto são fundamentais para evitar o contágio. É recomendado o uso de álcool gel e colírios, além de limitar o compartilhamento de objetos pessoais como toalhas de banho, mãos e rosto.

Outra medida importante a ser tomada, especialmente nas épocas quentes do ano, é o cuidado com ambientes como piscinas, rios e demais ambientes coletivos. A aglomeração de pessoas também aumenta o risco da conjuntivite.

Tratamento

Sintomas da Conjuntivite

Depois de identificada a causa da conjuntivite – viral, bacteriana ou alérgica – é possível dar início ao tratamento. No caso da viral, não há medicamento próprio para o tratamento. Já na conjuntivite bacteriana, o procedimento para a cura se dá a partir do uso regular de colírios antibióticos. Todos os medicamentos devem ser utilizados somente a partir da prescrição médica, pois alguns colírios podem agravar o estado da infecção.

Embora normalmente a conjuntivite dure em média 15 dias, a doença não deve ser subestimada. Nem sempre a conjuntivite é uma infecção passageira. Há casos em que se não tratada ela pode causar danos irreversíveis nos olhos.

Conjuntivite sexualmente transmissíveis

A bactéria Neisseria Gonorrhoeae é responsável pela conjuntivite gonocócia. Embora seja um tipo raro da doença, ela pode ser grave se não tratada, já que a conjuntivite gonocócia não se limita à membrana que reveste o olho. O olho inteiro pode ser infectado por essa manifestação de conjuntivite.

O tracoma também pode ser uma forma de conjuntivite. Causado pela bactéria oriunda do trato genital, Chlamydia Trachomats, a doença é incidente em jovens sexualmente ativos. Essa manifestação da doença é chamada de conjuntivite de inclusão.

Contudo, como nos casos da conjuntivite infeciosa, medidas regulares de higiene pessoal podem evitar essas doenças.

Como cuidar da Conjuntivite Medicamentos Conjuntivite

Pesquisar
Artigos Relacionados