Como renegociar dívidas com os bancos

links patrocinados

Com a atual situação do país dificilmente se encontra uma pessoa que não possua dívidas, a taxa de desemprego crescente é algo que também contribui e muito para que as pessoas se desorganizem, e com o orçamento desorganizado, fatalmente alguma dívida será deixada para depois e com isso muitas delas acabam se tornando verdadeiras bolas de neve.

Se você se encontra inadimplente é importante saber que o desespero é algo que não pode fazer parte de você quando o assunto for renegociação de dívidas, além disso é importante que antes de você oferecer qualquer tipo de proposta de renegociação, você deve ter em mente qual valor mensal terá disponibilizado para pagamento dessa dívida.

Um outro aspecto que é importante observar é a taxa de juros que está sendo cobrada por cada dívida em aberto, dessa forma você tem uma ideia de onde você pagará a taxa de juros mais alta, sendo assim sempre, no momento de fazer um acordo, você deve escolher a dívida que lhe traz juros maiores.

Como renegociar dívidas com os bancos

Selecionando as dívidas para pagamento

Em geral, se a pessoa se encontra com mais de uma dívida, o mais importante é verificar a taxa de juros, como já dito anteriormente, em geral as dívidas bancárias são as que tem juros maiores, em geral as pessoas ficam devendo limites de cheque especial, que contam com juros altíssimos, dessa maneira, esta deve ser sempre a primeira opção a ser paga.

Para não errar no momento de proceder uma renegociação de dívida, o que a pessoa deve fazer é um cálculo do quanto foi pego, seja valor de empréstimo ou mesmo de cheque especial e realizar os cálculos dos juros que estão sendo cobrados, assim dá para se ter uma ideia do valor que você deverá pagar.

Como renegociar dívidas

Realizados esses cálculos, você deve ter em mente que além de ter dinheiro para honrar as parcelas do acordo que será feito, você também precisa contar com as demais despesas que você tem em seu cotidiano, este é um cálculo muito importante, pois é por meio dele que você verificará o valor que pode comprometer para pagamento de um acordo.

Verificando os tipos de acordo

Antes de mais nada, você deve verificar com muita cautela o que os bancos oferecem em termos de acordo para que você possa sanar as suas dívidas, geralmente as próprias instituições acabam entrando em contato com os inadimplentes para que esses acordos sejam fechados, mas lembre-se, não se sinta pressionado a firmar um acordo com a instituição sem verificar as suas possibilidades financeiras.

renegociar dívidas com os bancos

Em geral o que se deve ter em mente é que sempre que um acordo é oferecido, você pode melhorá-lo, para que assim este fique mais confortável para que você realize os pagamentos, sendo assim você mesmo pode entrar em contato com a instituição para verificar o que de melhor eles podem oferecer.

Renegociando suas dívidas

Uma importante questão quando o assunto é a renegociação de dívidas com instituições bancárias, é o tempo pelo qual você ficará pagando o acordo firmado com este, sendo assim observe a taxa de juros praticadas em cada um desses acordos e lembre-se que quanto mais tempo você tiver para pagar o juro cobrado tende a ser maior.

Por este motivo é importante ressaltar que ao realizar uma renegociação de dívida com o banco, o principal a ser feito é que você ofereça a eles a sua proposta para pagamento da dívida, já que somente você é capaz de saber o quanto pode pagar mensalmente, dessa maneira você evita quebra de contrato e também que novas dívidas possam surgir.

Como renegociar

GD Star Rating
loading...
Pesquisar
Artigos Relacionados