CBV Regras

links patrocinados

CBV Regras

CBV Regras

Sobre a CBV Regras

Todo esporte profissional possui sua confederação, entidade responsável por organizar o esporte em determinada região – nacionalmente, continentalmente ou mundialmente. No Brasil, quem se responsabilizada pelo voleibol é a CBV – Confederação Brasileira de Voleibol.

Sediada no Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, a CBV foi criada em 1954. Antes disso, o esporte era gerenciado pela Confederação Brasileira de Desportos (CBD). A CBV coordena as seleções masculina e feminina de voleibol, a Superliga e o vôlei de praia. O vôlei brasileiro é um dos mais fortes do mundo e isso se deve, em grande parte, à atuação da CBV.

Como são definidas as regras do voleibol

O regulamento do voleibol é definido em congressos da FIVB – Federação Internacional de Voleibol -, órgão que equivale à FIFA no futebol. Estes congressos costumam acontecer a cada três anos e, na maioria das vezes, as mudanças que ocorrem dizem muito mais respeito è estrutura do esporte do que às regras aplicadas dentro de quadra. O último congresso da FIVB aconteceu em 2010, em Dubai.

Cabe à CBV aplicar estas mudanças e fiscalizar sua utilização nas quadras brasileiras. Para tal, a CBV conta com federações em todos os estados brasileiros.

Regras do vôlei

São necessários 12 jogadores, divididos em duas equipes de seis. A quadra possui dimensão de 18 x 9 metros, e os times são divididos por uma rede. Os pontos acontecem quando a bola atinge a quadra adversária. O jogo é dividido em sets, que terminam quando uma das equipes atingem 25 pontos.

O jogo termina quando uma das equipes vence cinco sets. Se ao final do quarto set a partida estiver empatada, há o tie-break, ou set de desempate, com uma contagem de 15 pontos ao invés de 25.

Saiba mais

Para conhecer mais sobre o voleibol brasileiro e mundial, suas regras, torneios, ranking de seleções e principais notícias, acesse o site da CBV ou de qualquer uma das federações estaduais.

CBV Superliga

CBV Superliga

Sobre a CBV Superliga

Você gosta de assistir esportes pela TV? Se a resposta for sim, com certeza já ouviu falar da Confederação Brasileira de Voleibol. Ela é a entidade máxima do Voleibol no país, e sua sede fica no Rio de Janeiro. Ela é bem vista por todos os setores do esporte brasileiro, e por isso o vôlei é um dos esportes que mais cresce no Brasil.

Entre outras funções, a CBV é responsável por organizar campeonatos nacionais de vôlei, como a Superliga. A Superliga é a competição mais importante do vôlei no Brasil, e é dividida entre masculina e feminina.

A Superliga

A Superliga surgiu em 1994, com 22 times disputando o troféu. Em 2010 foi realizada a 16ª edição do torneio, com 30 times inscritos no total – um recorde de participação. Em 2011, já se tem os ganhadores: na categoria masculina, quem ganhou foi o SESC – SP. Já na feminina, o time campeão foi o UNILEVER.

No site da CBV Volei você encontra notícias relacionadas à Superliga e aos atletas participantes, além de uma tabela com os resultados dos jogos. Outras informações encontradas no site são a lista de arbitragem, escala de arbitragem, ingressos, documentos, ranking, histórico, entre outros.

Portanto, se você quiser ficar por dentro de tudo o que acontece no vôlei brasileiro, acesse a página da CBV na internet. Lá tem também sobre o circuito de vôlei de praia no Brasil, e um quadro com os nomes de todos os membros da Seleção Brasileira de Voleibol.

O Vôlei

O vôlei, como todo mundo sabe, é um esporte de equipes praticado em quadra ou na areia. O espaço é dividido em dois por uma rede, e o objetivo do jogo é fazer com que a bola toque o espaço do adversário por meio de manobras treinadas com os braços e mãos. Ao mesmo tempo, evita-se que o adversário atinja se4u campo, por isso existe a defesa.

A equipe se constitui de seis pessoas, ou seja, no total a quadra contém 12 jogadores. Os tempos de jogo são chamados sets, e eles terminam quando uma das equipes marca 25 pontos – o vôlei não é marcado por tempo, como outros esportes.

Pesquisar
Artigos Relacionados