Campeonato Brasileiro Feminino 2013: equipes e regulamento

links patrocinados

Campeonato Brasileiro Feminino 2013: equipes e regulamento

Há anos, existem tentativas de dar um caráter mais profissional para o futebol feminino brasileiro. Há cerca de uma década, nossa seleção feminina era absoluta nos gramados. Contudo, nos últimos anos, temos sofrido para conquistar títulos. Isso é um reflexo direto da profissionalização do futebol feminino pelo mundo, o que, no Brasil, acontece em um ritmo muito mais lento.

Contudo, em 2013, a CBF deu um passo importante no incentivo à modalidade. Foi criada a primeira edição do Campeonato Brasileiro Feminino, com patrocínio da Caixa Econômica Federal. O torneio ainda está sendo disputado e, embora possua algumas semelhanças com o Campeonato Brasileiro dos homens, também possui diferenças essenciais.

Regulamento do Campeonato Brasileiro Feminino

Campeonato Brasileiro Feminino 2013: equipes e regulamento Campeonato Brasileiro Feminino 2013: equipes e regulamento - saiba mais

Assim como no futebol masculino, o Campeonato Brasileiro Feminino é disputado por vinte equipes. Contudo, ao invés de pontos corridos, o torneio é dividido por grupos. Na primeira fase, são feitos quatro grupos com cinco equipes cada. Nesta fase classificatória, cada equipe disputa quatro partidas. As duas melhores de cada grupo vão para a segunda fase da competição, formando dois grupos com quatro times cada.

Nesta segunda fase, novamente, avançam as duas melhores equipe que tiverem o melhor desempenho. Agora teremos apenas quatro equipes na competição, que farão as fases semifinal e final.

Em caso de empate nas fases de grupos, são utilizados critérios de desempate como número de vitórias, saldo de gols, confronto direto, gols marcados e outros. Atualmente, a competição ainda está em sua primeira fase de grupos. Devido ao seu formato, o torneio é muito mais curto do que o Brasileirão masculino, tendo sido iniciado em outubro e com término previsto para dezembro. O torneio é menor por uma série de motivos, com destaque para o menor poder aquisitivo das equipes – que dificilmente teriam como bancar uma temporada tão longa quanto a masculina – e para o caráter ainda experimental da competição.

Campeonato Brasileiro Feminino 2013: equipes

Equipes do Campeonato Brasileiro Feminino de 2013

A maioria das equipes do Campeonato Feminino Brasileiro de 2013 não tem uma “correspondente” masculina na divisão de elite do futebol. A exceção é o Vasco da Gama, já eliminado da competição feminina. No momento, apenas oito equipes seguem na competição: Centro Olímpico, Rio Preto, Foz Cataratas, São José, São Francisco, Vitória (da cidade de Santo Antão, em Pernambuco), Tiradentes e Tuna Luso.

Confira Campeonato Brasileiro Feminino 2013: equipes e regulamento

Artilharia

A artilheira da competição, por enquanto, é Rayssa, do Tiradentes. A atacante tem nove gols, três a mais do que Irley, do Pinheirense, já eliminado da competição, o que aumenta as chances de que Rayssa marque seu nome na história do Campeonato Brasileiro Feminino.

Campeonato Brasileiro Feminino

Destaques

Além de Rayssa, outras jogadoras vêm se destacando no torneio. É o caso de Ketlen (Centro Olímpico), Maria Eduarda (Vitória), Barrinha (Rio Preto), Erika (Iranduba) e outras. Apesar de um orçamento muito menor do que aquele dedicado ao futebol masculino, o Campeonato Brasileiro Feminino tem sido um grande sucesso nas cidades onde é disputado, praticamente garantindo a edição de uma nova temporada em 2014. A média de gols da competição, até agora, é de 3,88 por jogo.

Pesquisar
Artigos Relacionados