Bovespa Mais – o que é e regulamento

links patrocinados

Bovespa Mais - o que é e regulamento

Bovespa Mais – o que é e regulamento

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) é a bolsa de valores oficial do Brasil, sendo a segunda maior do planeta em valor de mercado. Em 2008, a Bovespa passou por uma fusão com a BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuros), passando a se chamar BM&FBovespa. Contudo, devido à força da marca, até hoje é normal que a bolsa seja chamada apenas como Bovespa.

História

A fundação da Bovespa se deu em 1890. Na década de 1960, existiam 27 bolsas de valores no Brasil, todas vinculadas às Secretarias Estaduais de Finanças. Seus corretores, portanto, eram nomeados pelos governos estaduais. Isso mudou nos anos de 1965 e 1966, quando foi implementada uma reforma no sistema financeiro do país. A partir daí, as bolsas passaram a ser associações civis sem fins lucrativos, desvinculando-se do poder público.

A figura do corretor de fundos públicos foi sendo substituída pelas corretoras de valores, pessoas jurídicas que fazem a mediação das compras e vendas de ações para os clientes da bolsa.

O que é Bovespa Mais

Empresas

Para que uma empresa ingresse na bolsa de valores, é necessário cumprir uma série de requisitos rigorosos. Para se ter uma ideia, embora seja a segunda maior bolsa mundial em valor de mercado, a Bovespa possui apenas 219 empresas listadas em sua bolsa tradicional. Pensando nisso, para facilitar o acesso a empresas de pequeno e médio porte, foi criado o programa Bovespa Mais.

O que é o Bovespa Mais

O programa Bovespa Mais é uma espécie de mercado alternativo que opera na própria Bovespa. Nele, empresas de médio porte podem abrir seu capital e negociar suas ações. O sistema foi inspirado no mercado AIM, da Bolsa de Valores de Londres. No Bovespa Mais, as empresas têm de assegurar uma série de informações e direitos aos investidores, além de apresentar estratégias de acesso ao mercado de capitais.

Regulamento Bovespa Mais

Regras

Para participar do Bovespa Mais, as empresas não precisam fazer a chamada oferta inicial, necessária para ingressar na bolsa tradicional – nesta, é preciso pelo menos 25% do capital em circulação. Este pecentual tem um prazo de sete anos para ser alcançado na Bovespa Mais.

As empresas também precisam cumprir outros requisitos, como, por exemplo, realizar pelo menos dez negociações mensais, e estar presente em pelo menos 25% dos pregões. Para proteger seus investidores, a Bovespa tem o direito de cancelar o cadastro das empresas do Bovespa Mais, caso elas registrem prejuízos por cinco anos negativos.

Se você quer se tornar um investidor do Bovespa Mais, acesse a página da bolsa de valores e confira o regulamento completo deste segmento de mercado. Na página também é possível conferir a lista completa de empresas incluídas no sistema. Caso você nunca tenha operado na bolsa de valores, é altamente recomendável que, antes de começar a investir, sejam realizados cursos e simulações com softwares próprios.

Caso você seja um empreendedor, é possível informar-se no site da Bovespa sobre as diversas vantagens de abrir o capital da sua empresa. A bolsa de valores oferece um folheto informativo sobre o assunto, que ajudará a esclarecer todos os passos necessários para a abertura de capital.

Regras Bovespa Mais - o que é e regulamento Como investir Bovespa Mais - o que é e regulamento

Vídeo Bovespa Mais – o que é e regulamento

Confira um vídeo sobre a Bovespa:

Pesquisar
Artigos Relacionados