SISU 2011

links patrocinados

SISU 2011

SISU 2011

O Sistema de Seleção Unificada, conhecido como SISU, começou a ser implantado pelo Ministério da Educação em 2009. O sistema tem como objetivo modernizar e ampliar o acesso às instituições de ensino superior do país.

Algumas destas instituições preenchem suas vagas utilizando integralmente o SISU, enquanto outras optam pela reserva de uma porcentagem de vagas acessíveis pelo sistema, enquanto a outra parcela segue utilizando os processos seletivos tradicionais, como o vestibular.

A colocação dos estudantes no Sisu é calculada com base na nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Quando se inscreve no sistema, os estudantes podem optar por até dois cursos, que podem ser alterados em prazos predeterminados pelo Ministério da Educação.

Cada instituição possui notas de corte próprias, que são valores mínimos de referência para que um estudante possa se matricular em cursos da instituição.

Como funciona o SISU

O SISU é um sistema completamente informatizado. Assim como os estudantes, as instituições de ensino também possuem um cadastro na plataforma, onde informam dados como o número de vagas oferecidas, cursos disponíveis e nota de corte.

O que e SISU

Ao todo, o sistema oferece mais de 40 mil vagas no país, em 54 instituições de ensino superior. Mais de 1150 cursos aceitam candidatos participantes do SISU.

As instituições têm a possibilidade de atribuir diferentes pesos para as disciplinas do Enem – um curso da área de Humanas, por exemplo, pode valorizar mais as questões de Ciências Humanas do que as de Matemática. Cada curso também possui sua própria nota de corte.

Se o candidato alcançar esta nota, ficará entre os selecionados. A nota de corte é diariamente atualizada, mas estes números servem apenas como referência, pois o que realmente importa é a nota de corte na data das inscrições para os cursos.

Números do SISU em 2011

O SISU 2011 contou com mais de dois milhões de candidatos inscritos. Destes, 83 mil foram convocados para realizar a matrícula nos cursos escolhidos. As matrículas aconteceram entre 27 e 31 de janeiro e, quatro dias depois, o MEC divulgou a segunda chamada, para preencher as vagas que não foram ocupadas.

Para que serve o SISU

Como se inscrever no SISU

A inscrição no SISU é muito simples: é necessário apenas escolher os cursos pretendidos e informar seus dados pessoais. O próprio SISU oferece todas as informações sobre número de vagas e nota de corte, bem como o período em que as novas inscrições estão disponíveis.

Como fazer a matrícula

Como fazer matricula para o sisu

Se você foi aprovado na instituição escolhida, o próximo passo é realizar a matrícula. É importante ressaltar que as matrículas precisam ser feitas na própria instituição, não sendo possível o cadastro pela Internet. Para efetivar sua matrícula, confira a lista completa dos documentos necessários, que podem ser consultados no Boletim Individual.

O boletim está disponível na página inicial do SISU, e pode ser acessado apenas por quem já se inscreveu no sistema. No boletim também é possível acompanhar as listas de espera dos cursos. Se você está na lista de espera, fique muito atento às datas de divulgação das chamadas posteriores, que acontecem pouco tempo após a primeira chamada.

Inscricao SISU 2011 Prova do SISU 2011

Pesquisar
Artigos Relacionados