Relatório de Estágio

links patrocinados

Relatório de Estágio

Relatório de Estágio

Quem está fazendo um curso superior, ou participando de programas de estágio ou trainee, geralmente precisa realizar um trabalho de conclusão, que possui variadas formas. Na graduação, por exemplo, normalmente é solicitada a produção de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), cuja aprovação é obrigatória para que o diploma seja obtido. Nos estágios, por sua vez, é comum que seja solicitado um relatório assim que o vínculo está próximo a ser encerrado.

Na maioria das áreas, o mercado de trabalho dará atenção especial aos estudantes que, durante sua graduação, realizaram estágio supervisionado. Este processo é de extrema importância na formação, pois auxilia na orientação dos estudantes.

É comum que os graduandos fiquem perdidos em relação a qual área seguir após a conclusão do curso e, nesse momento, o estágio pode dar alguma direção ao futuro. Em alguns casos, a própria empresa que ofereceu o programa de estágio pode contratar o estudante.

Importância do relatório de estágio

Vagas de estagios

O relatório de estágio é uma via de mão dupla. Nele, o estagiário pode expor o que aprendeu durante o período, podendo, inclusive, adicionar versões resumidas do relatório em seu currículo, quando estiver em busca do primeiro emprego.

As empresas, por sua vez, podem utilizar o relatório para aprimorar seu programa de estágio, dando especial atenção às lacunas apresentadas pelos atuais estagiários. Afinal, os cursos superiores não dão conta de toda a carga teórica e prática necessária a funções específicas, algo que pode, e deve, ser complementado por um programa de estágio.

Forma e conteúdo de um relatório de estágio

Um dos principais erros dos estagiários é se preocupar com o relatório de estágio apenas na fase final do programa. Por isso, muitos fazem o documento às pressas, deixando de lado informações relevantes de sua formação.

Oportunidades de estgios

Para corrigir essa falha, os especialistas em recursos humanos recomendam que, desde o primeiro dia de estágio, os estudantes mantenham uma espécie de diário, onde seja possível anotar as experiências diárias na empresa.

Outro ponto importante é o tamanho do documento, que pode variar de maneira considerável de acordo com as normas da empresa. Por isso, antes mesmo de iniciar suas atividades, pergunte ao coordenador do estágio sobre o relatório final, dando especial atenção ao número de páginas solicitado.

Em estágios curtos, com duração de até um mês, o documento dificilmente precisa ultrapassar 15 páginas. Mas, vale ressaltar, tudo depende dos padrões adotados pela empresa.

Um bom relatório precisa conter introdução, sumário, descrição da empresa, descrição das atividades do estagiário e conclusão.

O que e um Relatório de Estágio

Elementos opcionais, como gráficos, glossário e tabelas, podem enriquecer o conteúdo final, mas devem ser usados com cautela. Estes elementos, quando utilizados de maneira indiscriminada, podem tornar o relatório burocrático e desinteressante.

Em relação à forma de apresentação, o padrão seguido é o da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) para trabalhos acadêmicos.

Contudo, em alguns casos, a própria empresa pode fornecer uma formatação própria. O mais importante é se informar a respeito do relatório desde o começo, para não se desesperar nos últimos dias de estágio.

Como conseguir um estagio Forma e conteudo de um Relatório de Estágio

Pesquisar
Artigos Relacionados