Proposta de novo acordo ortográfico 2014

links patrocinados

Proposta de novo acordo ortográfico 2014

Confira mais informações sobre a proposta de novo acordo ortográfico 2014 e o que pode mudar na língua portuguesa caso este projeto seja aprovado.

A história dos acordos ortográficos no Brasil

Proposta de novo acordo ortográfico 2014 Conheça a Proposta de novo acordo ortográfico 2014

Língua portuguesa já passou por vários tipos de reformas em sua ortografia, começando na década de 40, 50, 70 e passando também por mudanças nos anos 90 e 2000. Antes da proposta de novo acordo ortográfico 2014, nós passamos por uma grande transformação linguística com a reforma que teve aprovação no ano de 2009 (que teve mudanças no uso do hífen e queda do acento em ditongos), sendo que a mesma passou a ser obrigatória para todos os cidadãos a partir de 2012. Mas e agora? O que traz esse novo projeto de mudança na escrita do idioma?

Proposta de novo acordo ortográfico

Proposta de novo acordo ortográfico 2014: como tudo começou?

A proposta de novo acordo ortográfico 2014 começou com um projeto escrito pelo professor Ernani Pimentel, que conseguiu fazer com que o assunto chegasse até ao Senado para a sua análise. Caso o projeto seja aceito, o que vai ocorrer é uma mudança brusca na forma como escrevemos as palavras, mas sem a alteração em como a pronunciamos.

Essa mudança foi recebida com bastante negatividade por parte das pessoas e dos linguistas, com demonstrações principalmente nas redes sociais. Com a proposta de novo acordo ortográfico 2014, até mesmo o visual da palavra é severamente transformado.

Acordo ortográfico 2014

O que muda com o projeto

Muitas palavras mudam com as regras da proposta de novo acordo ortográfico 2014, a começar pelo uso do S. Palavras com dois SS em sua composição seriam substituídas apenas por um S, passando “passagem, assadura e possibilidade” a derem escritos como PASAGEM, ASADURA e POSIBILIDADE. O Ç e SC também não existiriam mais na ortografia, passando “caçada, piscina e nascer” a ser CASADA, PISINA E NASER.

Já as palavras que são escritas com S, mas possuem som de Z, seriam escritas somente com o Z. Exemplos seriam “casa e delicioso”, que com a proposta de novo acordo ortográfico 2014 passam a ser CAZA e DELICIOZO. Além disso, quando o H não acrescenta nada na fonética, ele também seria extinguido, como em “homem e horta”: OMEM e ORTA.

Proposta de novo acordo ortográfico 2014 - saiba mais

Proposta de novo acordo ortográfico 2014: qual o objetivo do projeto?

O objetivo da proposta de novo acordo ortográfico 2014 do professor Ernani Pimentel é o de simplificar a língua, fazendo com que as palavras fossem escritas da mesma forma como as falamos com a língua. De acordo com ele, isso também poderia trazer uma união maior com outros países lusófonos e ajudar as pessoas a se alfabetizarem.

Não há, entretanto, nada ainda certo sobre a tal proposta de novo acordo ortográfico 2014 da língua portuguesa, mas caso ela fosse aprovada de forma federal, entraria em vigor com obrigatoriedade para todos somente no ano de 2016. Até que isso seja resolvido por certo, vamos continuar tentando nos adaptar com adaptar com a reforma que foi criada em 2009.

Pesquisar
Artigos Relacionados