Novo Enem

links patrocinados

Novo Enem

Novo ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio, mais conhecido pela sigla ENEM, é a principal avaliação educacional realizada no país, sendo utilizada para avaliar o nível de aprendizado dos alunos do ensino médio e também como porta de entrada para diversas universidades brasileiras.

O exame foi criado em 1998 pelo então ministro da Educação Paulo Renato Souza. Na época, a prova continha sessenta e três questões e era aplicada em um único dia, sendo utilizada para auxiliar os órgãos governamentais a criarem políticas públicas com o intuito de melhorar o ensino brasileiro.

Novo ENEM

Em 2009, o Ministério da Educação (MEC) apresentou uma proposta de reformulação do Exame Nacional do Ensino Médio. As mudanças, apresentadas pelo então ministro da pasta, Fernando Haddad, tinham o objetivo de democratizar o acesso às universidades federais e também de reestruturar a grade curricular do ensino médio.

Mudanças

Enem

A principal mudança no ENEM era relativa ao ingresso nas universidades. A partir de 2009, as universidades federais do país tiveram de escolher de que forma passariam a usar o ENEM em seus processos seletivos entre quatro opções: como fase única, como primeira fase do vestibular, de forma combinada ao processo seletivo tradicional ou então como fase única para ocupação das vagas remanescentes.

A prova em si também mudou. De acordo com o então ministro Fernando Haddad, o modelo anterior da prova estimulava a “decoreba” e não incentivava os alunos a racionar antes de responder às questões. Sendo assim, ao invés de sessenta e três questões a prova passou a ter cento e oitenta, divididas em quatro grandes áreas do conhecimento: ciências da natureza, ciências humanas, linguagens e matemática.

A redação foi mantida e a prova, que antes era realizada em um único dia, passou a ser realizada em dois dias, sábado e domingo.

Resultado Enem

As mudanças sem dúvida trouxeram diversos benefícios para os estudantes, principalmente para aqueles que pleiteiam uma vaga em universidades federais. Apesar disto, nem sempre o exame é visto com bons olhos e isto porque não raramente ele é envolto em problemas que poderiam ser evitados. Já foram registrados, por exemplo, casos de alunos que tiveram acesso à prova antes dos demais e também à redações com notas extremamente díspares, uma vez que são corrigidas por dois professores.

ENEM atual

Mudancas no Enem

Estudantes que concluirão o ENEM neste ano ou já tenham se formado em anos anteriores podem realizar a prova. A inscrição para o exame pode ser feita através do site próprio, vinculado ao INEP, que é o responsável pela organização e aplicação das provas, em agências dos bancos Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil ou nas agências dos Correios.

Alunos de escolas públicas ou cuja renda per capita da família não ultrapasse um salário mínimo não pagam inscrição. Os demais estudantes devem pagar uma taxa de R$35 para poder realizar o exame.
Neste ano as provas serão aplicadas nos dias vinte e seis e vinte e sete de outubro. Em breve os alunos receberão em suas casas uma carta com o local de prova.

Enem ataul O que mudou no Novo ENEM

Pesquisar
Artigos Relacionados