Nota Fiscal Eletrônica Carioca

links patrocinados

Nota Fiscal Eletrônica Carioca

Nota Fiscal Eletrônica Carioca

Quando fazemos compras em um estabelecimento, seja ele um supermercado ou uma loja localizada em um shopping, nem sempre nos lembramos de pedir nota fiscal, principalmente quando o valor total dos produtos é baixo. Porém, é extremamente importante exigir a nota fiscal ao fim da compra, ainda que o comerciante faça pouco caso.

A nota fiscal não apenas protege o consumidor em caso de defeito no produto, como também permite que a troca seja feita de maneira simples e sem maiores problemas. Mas o principal benefício que a emissão de nota fiscal garante é a diminuição da sonegação fiscal.

Em outras palavras, ao pedir nota fiscal, o consumidor pode ter a certeza de que o estabelecimento pagará os impostos referentes aos produtos adquiridos ao governo.

Para incentivar os consumidores a pedirem a nota fiscal, governos de diversos estados implantaram a nota fiscal eletrônica, que permite que o cidadão abata o valor do IPTU (Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) e ainda concorra a prêmios em dinheiro.

Nota Fiscal Carioca

Nota Fiscal Eletrônica Carioca

A Nota Fiscal Eletrônica Carioca foi implantada no estado do Rio de Janeiro no início de março de 2011. O serviço passou a garantir a substituição das notas fiscais em papel pelo documento eletrônico.

Ao associar seu número de CPF na nota, o consumidor concorre à prêmios em dinheiro, que podem chegar a até R$20 mil, e também consegue abater o valor do IPTU em um imóvel à sua escolha.

Como funciona

Nota Fiscal Eletronica

Para usufruir dos benefícios proporcionados pela Nota Fiscal Eletrônica Carioca, o cidadão deve acessar o site do programa, clicar no ícone “Cadastramento de Senha”, disponível no canto esquerdo da tela, e marcar a opção “Pessoa Física”.

Na sequência, o internauta deverá preencher um formulário com seus dados pessoais, que serão verificados pelo sistema da prefeitura. Se os dados forem compatíveis, uma senha é liberada e então, toda vez que o usuário fizer uma compra, basta que informe o número de seu CPF.

A partir deste momento, todas as notas eletrônicas ficarão salvas na conta da pessoa, que poderá acessá-las e imprimi-las.

Demais regras e sorteios

Como funciona a Nota Fiscal Eletrônica Carioca

Ao contrário do que se possa imaginar, nem todos os estabelecimentos são obrigados a emitir a nota fiscal eletrônica, apenas os prestadores de serviços, como salões de beleza, academias de ginástica, escolas de idiomas, clínicas médicas, escolas, hotéis, lavanderias, estacionamentos e oficinas automotivas.

Restaurantes e supermercados, por não prestarem serviços, não são obrigados a emitir a nota, assim como qualquer estabelecimento que comercialize mercadorias.

Sempre que o consumidor pede a nota fiscal eletrônica no estabelecimento que frequenta, um número é gerado. Com ele o cidadão concorre aos sorteios, que geralmente ocorrem a cada dois ou três meses. O valor dos prêmios varia, podendo chegar a até R$250 mil.

O resultado e a data dos sorteios pode ser conferida no próprio site da Nota Carioca, mais especificamente no campo Sorteio Carioca, cujo ícone de acesso está localizado em um menu no canto esquerdo da página.

Para que serve a Nota Fiscal Eletrônica Carioca Regras da Nota Fiscal Eletrônica Carioca

Pesquisar
Artigos Relacionados