Músicas que foram contra a Ditadura Militar

links patrocinados

Músicas que foram contra a Ditadura Militar

Confira algumas músicas que foram contra a Ditadura Militar no Brasil.

Canções de Chico Buarque

“Geni e o Zepelin”: O cantor e compositor Chico Buarque ficou conhecido por escrever músicas que foram contra a Ditadura Militar, incluindo a canção “Geni e o Zepelin”, que hoje se tornou um clássico. Possuindo diversas rimas que são o destaque de sua letra, Geni é uma travesti que é hostilizada pela sociedade, mas acaba encantando o dono de um zepelin. Já a interpretação sugere que Geni representa o povo, enquanto o zepelin seria a ditadura.

Músicas que foram contra a Ditadura Militar Conheça as Músicas que foram contra a Ditadura Militar

“Jorge Maravilha”: Uma das músicas que foram contra a Ditadura Militar mais irônicas dessa época foi “Jorge Maravilha” com o seu tradicional refrão “Você não gosta de mim, mas sua filha gosta”. Apesar de parecer a história de um genro mal visto pelo sogro, a história de sua composição é outra. A canção foi escrita a um comandante militar, que apesar de não ver bem Chico Buarque, possuía uma filha fã do cantor. Ele também emplacou “Apesar de Você”, “Cálice” e “Mulheres de Atenas”.

Saiba as Músicas que foram contra a Ditadura Militar

Músicas que foram contra a Ditadura Militar: Geraldo Vandré

“Pra Não Dizer que Não Falei das Flores”: composta por Geraldo Vandré, essa letra também está entre as músicas que foram contra a Ditadura Militar. Ela praticamente se tornou um hino contra o Golpe Militar de 64 e simbolizava os movimentos contra a Ditadura, o que não deixou os militares felizes e fez com que a interpretação da mesma fosse proibida durante anos.

Foi depois de ganhar o Festival Internacional da Canção Popular do Rio de Janeiro no ano de 1968, um ano antes do golpe, que ela se tornou famosa. Estando na lista de músicas que foram contra a Ditadura Militar, um trecho que sintetiza a ideia da composição é “Há soldados armados, amados ou não. Quase todos perdidos de armas na mão”.

Conheça as Músicas que foram contra a Ditadura Militar

“O Bêbado e o Equilibrista”

“O Bêbado e o Equilibrista”: essa letra também não poderia ser esquecida entre as músicas que foram contra a Ditadura Militar. Cheia de metáforas que engaram os militares para que a música fosse permitida, sua interpretação mais famosa foi na voz de Elis Regina, mas a composição é de Aldir Blanc e João Bosco. O bêbado da história eram os artistas que ainda resistiam contra os militares, enquanto o equilibrista simbolizava a esperança de uma geração.

Músicas que foram contra a Ditadura Militar - saiba mais

Músicas que foram contra a Ditadura Militar: de Sérgio Sampaio e

“Eu quero é botar meu bloco na rua”: durante a época da Ditadura, os militares saíam em blocos de soldados pelas ruas para mostrar imposição e ver irregularidades. Na voz de Sérgio Sampaio, a letra está entre as músicas que foram contra a Ditadura Militar pois fala do desejo de colocar o povo como o bloco popular na rua.

“Como nossos pais”: a talentosa Elis Regina também cantou “Como Nossos Pais”, de Belchior. Sendo uma das músicas que foram contra a Ditadura Militar, fala muito dos jovens e da sua força na luta contra a Ditadura.

Pesquisar
Artigos Relacionados