MEC ProUni 2013

links patrocinados

Sobre MEC ProUni 2013

MEC ProUni 2013

Depois de prestar o ENEM, que foi realizado nos dias 03 e 04 de novembro em todo o país, o estudante brasileiro deve ficar atendo ao site do ProUni para a divulgação dos calendários e cronogramas 2013. Para participar do ProUni é obrigatório para o estudante ter prestado o ENEM e alcançado a nota mínima de 400 pontos na média.

Como se inscrever

Para concorrer ao ProUni o estudante deve ter renda de três salários mínimos por pessoa. Além disso deve ter cursado o ensino médio em escola da rede pública, ou em instituição privada, mas sendo bolsista integral. Ainda ser pessoa com deficiência ou ser professor da rede pública de ensino.

Depois da divulgação do resultado do ENEM, que acontecerá até janeiro de 2013, os estudantes poderão se inscrever no ProUni, uma vez que a oferta de bolsas nas instituições de ensino superior privadas é dada a partir do desepempenho que o candidato teve no Exame Nacional do Ensino Médio.

O resultado do Desempenho Individual do candidato no ENEM será publicado, no site do MEC, no dia 04 de janeiro de 2013.

Como Funciona

O ProUni oferece dois tipos de bolsas para estudantes do ensino médio. A Bolsa Integral, para estudantes quem possuam renda familiar no máximo um salário mínimo e meio por pessoa. E a Bolsa Parcial de 50%, para estudantes quem tem renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. Para calcular a renda familiar por pessoa basta somar a renda bruta e dividir pelo número de pessoas quem compõe sua família.

Caso o estudante beneficiado com a Bolsa Parcial de 50% ainda não conseguir pagar a outra metade da mensalidade do curso, ele pode utilizar o FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) para custear o restante do curso, sem a necessidade de fiador.

O estudante beneficiado pelo ProUni ainda pode tentar transferência para uma instituição de ensino superior pública, uma vez que esteja consciente que o ProUni não lhe dá nenhuma vantagem na tentativa e que ele deve se subter às regras da instituição pública que escolher fazer a tranferência.

ProUni

O ProUni, criado em 2004 pelo Governo Federal, proporciona a estudantes brasileiros uma bolsa integral ou parcial em IES (Instituições de Ensino Superior) privadas. As IES privadas que aderem ao ProUni recebem em troca a isenção de tributos pagos para o Governo.

O Programa atende mais de 1 milhão de estudantes, tendo 67% deles bolsas integrais. Além de convênios com a Caixa Econômica Federal e FEBRABAM, o ProUni promove ações com o Fundo de Financiamento Estudantil – FIES. Assim, possibilita a entrada e a permanência dos jovens de baixa renda às instituições de ensino superior.

Com as parceirias o Programa aumentou muito seu alcance social. Em 2005 o ProUni ofertava cerca de 113 mil bolsas, em 2012 aumentou sua oferta para 284.622 bolsas.

ProUni e Sisu

É importante lembrar que o ProUni e o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) são programas diferentes. Ambos são gerenciados pelo Ministério da Educação, porém o Sisu não oferece bolsas para cursos de gradução, e sim utiliza a nota do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) para aprovar candidatos em instituições públicas de ensino superior.

Fotos

Confira Fotos sobre MEC ProUni 2013:

Inscrições MEC ProUni 2013 Como conseguir vaga no MEC ProUni 2013 ProUni MEC 2013 2013 - MEC ProUni

Pesquisar
Artigos Relacionados