História do Rap no Brasil

links patrocinados

História do Rap no Brasil

Na década de 80, o Rap surge em território nacional, mais especificadamente na cidade de São Paulo nas proximidades na Estação São Bento, no início deste movimento o Rap foi considerado um estilo musical que representada bandidos, drogados e criminosos, o que dificultou o seu alastramento inicial deste estilo musical, sendo classificado, logo de cara, como música de periferia e de apologia a violência e drogas. Entretanto, ainda neste tumultuado início, dançarinos de break e hip hop, já procuravam diluir este pensamento e dissipar e Rap em diversas camadas sociais, abrangendo assim toda a população.

História do Rap no Brasil – saiba mais

História do Rap no Brasil Rap no Brasil

Estes dançarinos eram em sua maioria estudantes de música que já haviam estado nos Estados Unidos, mais especificadamente em Nova Iorque ou então, dançarinos que tiveram contato com professores que foram para fora conhecer este estilo musical. Até o ano de 1989, o Rap viveu na “clandestinidade”, recebendo opressões, porém, desta data, foi criada a MH20, que tinha como objetivo organizar a cultura do hip hop no país, organizando eventos, oficinas e solenidades procurando tornar o movimento popular e livre de discriminações. Para tal, o Movimento Organizado de Hip Hop no Brasil (MH20), trabalhou de forma intensa para mudar a temática dos Raps cantados, para assim desligar tal movimento da ideia de apologia as drogas e violências.

História do Rap

A Ascensão do Rap

A ascensão do Rap teve o seu início no ano de 1990, quando o Racionais MC’s divulgaram o seu primeiro trabalho (Holocausto Urbano), levando, pela primeira vez na história do rap brasileiro, mais de dez mil pessoas em um único show do estilo musical. Portanto, o lançamento deste CD representou a primeira popularização da história do Rap no Brasil. A partir deste marco, diversos artistas começaram a ganhar o seu espaço em território nacional, como MV Bill, Planet Hemp, Gabriel o Pensador, entre outros grandes nomes da história do Par no Brasil.

Conheça a História do Rap no Brasil

O Rap Atual

Depois de decorrida toda está história do rap nacional, nos dias de hoje, este estilo musical é um dos mais influentes em cadeia nacional, os grandes marcos do rap brasileiro devem continuidade aos seus trabalhos, e vários outros artistas surgiram como: Emicida, Criolo, Rashid, Kamau, Projota, Sabotagem, entre outros. A maior diferença que pode ser notada facilmente entre o rap do início da história do rap no Brasil e o rap atual, é a mesclagem de estilos, naquele, o rap era “puro” constituído basicamente por uma batida, um MC e o beatbox, já neste, o samba, a bossa nova e até mesmo a música clássica compõem a melodia das músicas, tronando este um estilo mais sutil e sofisticado, pela sobreposição e mescla de gêneros.

Cantores de Rap

A Língua do Rap

A função do rap é transmitir alguma mensagem que as pessoas não estão conseguindo captar, a temática principal das músicas normalmente varia entre política, sociedade e modo de vida da periferia e milicias. Entretanto, o rap pode trazer o amor, a felicidade e questões íntimas como principal assunto, o assunto abordado depende exclusivamente do artista que compôs a letra e também do estilo do grupo em que está inserido.

Pesquisar
Artigos Relacionados