Copa do Mundo: principais mascotes da história

links patrocinados

Copa do Mundo: principais mascotes da história

Primeiros 5 anos.

O primeiro mascote a surgir numa Copa do Mundo foi no ano de 1966, na Inglaterra, a partir desta competição, a criação de um mascote se tornou tradição em todas as Copas do Mundo. Este priemeiro mascote foi o Willie, com corpo de humano e cabeça de leão, seu criados, Reg Hoye, inspirou-se em seu filho para criar o mascote.

O segundo mascote criado foi o Juanito, este, teve a forma inteiramente humana, vestido com uma camiseta do Méximo e um sombreiro, a ilustração era bastante inocente e pacata, o que combinou muito bem com a competição a qual Juanito foi o mascote, visto que a Copa de 1970 não teve nenhum cartão vermelho.

Confira mais

Copa do Mundo: principais mascotes da história Confira a Copa do Mundo: principais mascotes da história

Terceiro mascote foi o Tip e Tap, estes eram dois jogadores disputando uma bola, com ilustração bastante simples, este mascote foi desenhado para a Copa do Mundo de 1974, que aconteceu na Alemanha Ocidental.

O quarto mascote, foi o Gauchito, todo o visual do mascote foi inspirado nos típicos gaúchos (cowboys) argentinos, este, foi o mascote da Copa de 1978, que ocorreu na Argentina.
Na Copa seguinte, no ano de 1982, a Espanha inovou no seu mascote e criou uma laranja segundando uma bola denominada de Naranjito.
Na Copa de 1970, ocorrida novamente no México, o Pique, que era uma pimenta jalapeño foi criada, esta pimenta, ganhou características humanas, como seu famoso bigode e, é claro, novamente o sombreiro típico do país.

Principais mascotes da história

Copa do Mundo: principais mascotes da história

Do 5º ano ao 10º ano.

A Copa de 1990 foi marcada pelo mascote italiano escolhido, pela primeira vez, o mascote desenhado não tinha nenhuma característica humana, denominado de Cio, a composição plástica se assemelhava a um jogador sem cabeça, pés ou mãos, criados com Lego.

Striker foi o mascote escolhido pelos Estados Unidos da América na Copa de 1994, este, era um cachorro vestido com o uniforme da seleção estadunidense, que seguia uma bola em movimento.

Na Copa de 1998, sediada pela França, o mascote escolhido foi um galo vestido com uniforme francês, este, segurava a bola desenhada especialmente para a Copa em questão.
A Coreia do Sul, sede da Copa de 2002, inovou na criação de seu mascote, esta, trouxe três alienígenas consideravelmente coloridos, um azul, um roxo e um amarelo.

No ano de 2006, novamente um leão serviu de mascote, desta vez, representando a Alemanha, seu nome era Goleo e foi alvo de inúmeras críticas por decorrência da inexistência de uma calça para o animal.
O ano de 2010 teve o Leopardo Zakumi como mascote oficial, este, representou a África do Sul e foi criado com cores da bandeira deste país, amarelo e verde.

Copa do Mundo: principais mascotes da história - saiba mais

Mascote do Brasil

O mascote da Copa 2014 do Brasil será um tatu-bola, animal existente apenas no país, seu nome foi escolhido pelos próprio brasileiros: Fuleco.

Copa 2014

Por que um Mascote?

O mascote foi criado como forma de distração para os espectadores dos jogos, este, faz shows durante os intervalos de jogos e é claro, é o elemento da Copa preferido das crianças.

Pesquisar
Artigos Relacionados