Como calcular o acerto trabalhista

Como calcular o acerto trabalhista

O acerto trabalhista é um direito que os trabalhadores e as empresas possuem e por isso sua contabilidade deve ser feita de forma correta pelo empregador e conferida pelo funcionário que está saindo da empresa. Confira passo a passo como fazer uma simulação para saber Como calcular o acerto trabalhista.

O que é acerto trabalhista

Como calcular o acerto trabalhista Saiba Como calcular o acerto trabalhista

Acerto trabalhista é um direito que todo trabalhador com Carteira de Trabalho assinada possui. O acerto pode fazer tanto o empregador ficar devendo para o funcionário, quanto o funcionário dever para a sua empresa, entretanto, caso esse último caso aconteça, as dívidas do trabalhador devem ser canceladas. Por outro lado, quando o funcionário se desliga da empresa e possui um acerto para receber, o empregador é obrigado a pagar essa quantia.

Nesse quesito aparece a importância de saber Como calcular o acerto trabalhista. Os itens que devem ser conferidos na hora de fazer a contabilidade abrangem aviso prévio, as férias remuneradas que ficaram proporcionais e vencidas, o décimo terceiro salário da época, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS, multa e quando for necessário, o pagamento indenizatório.

Confira Como calcular o acerto trabalhista

Passos de Como calcular o acerto trabalhista

O primeiro passo para conseguir Como calcular o acerto trabalhista é contabilizar o salário do mês, junto com as horas extras e taxas adicionais. O aviso prévio equivale a exatamente ai salário do mês total. Caso haja uma indenização esta deve ser inserida dentro da conta, por exemplo, quando há a demissão antes do vencimento da data-base, o que equivale ao valor de mais o salário mensal.

Depois de fazer essa contabilidade de Como calcular o acerto trabalhista é hora de saber em quanto ficará o 13° salário. É preciso calcular quantos foram os meses trabalhados na empresa até o dia que foi demitido e dividir esse número pelo salário. O acerto é a soma de todos os números conseguidos com a conta.

Acerto trabalhista

Concluindo a conta do acerto

Depois de saber Como calcular o acerto trabalhista é importante citar um exemplo. Supondo que o salário e mais as horas extras do trabalhador seja de R$ 2000 reais, logo a possível indenização e o aviso prévio também serão de R$ 2000 reais cada. Já no 13°, supondo que a pessoa tenha sido demitida no mês de maio (mês 5), o salário de R$ 2000 reais deve ser dividido por 5, calculando um décimo terceiro de R$ 400 reais. Logo será de R$ 6400 reais, sem contar o tempo de trabalho, sabendo como calcular o acerto trabalhista.

Como calcular o acerto trabalhista - saiba mais

A importância de como calcular o acerto trabalhista

Saber Como calcular o acerto trabalhista corretamente é importante tanto para o empregado quando para o empregador. O empregado que está se desligando de sua empresa precisa saber se o acerto que recebeu está de acordo com o que ele tem direito, pois esse tipo de pagamento está previsto em lei e é obrigatório para todos.

Já o empregador precisa saber Como calcular o acerto trabalhista, para não causar conflitos com o seu ex-funcionário e até com a lei. Pagar o acerto sem erros ainda é importante para que não haja gastos extras e é por isso que as companhias maiores possuem pessoas especificas para cuidar dessa parte administrativa. Além disso, esse tipo de ato incorreto pode até denegrir a imagem da empresa ou do comércio.

GD Star Rating
loading...
Como calcular o acerto trabalhista, Nota: 5.0 de 5 com 1 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados