Aquarismo

links patrocinados

Aquarismo

Aquarismo

Você sabe o que significa “Aquarismo”? Aquarismo nada mais é do que a prática de criar organismos aquáticos, como peixes e plantas, em um ambiente artificial, os famosos aquários, independente de ser de água doce ou salgada ou até mesmo do tamanho do aquário e da quantidade de peixes, plantas e ornamentos usados.

História

Calcula-se que a prática do aquarismo tenha surgido há mais de 4 mil anos. Na antiguidade pescava-se em rios e lagos e os animais eram mantidos vivos em cativeiros para o consumo das famílias posteriormente. Esse tratar dos peixes foi o início do aquarismo, já que era necessário não apenas o cultivo e a permanência do animal com vida, lembrando que apenas assim era possível manter em condições próprias para alimentação já que não existiam nossos bons amigos e companheiros: geladeira ou freezer, enfim, dessa forma conseguiam manter os animais vivos em habitats artificiais era possível também identificar quais espécies próprias ou não para o consumo e até mesmo a reprodução da espécie em cativeiro.

Como praticar Aquarismo

Willian Thorton Innes: pai do Aquarismo

Willian T. Innes é considerado o pai do aquarismo. Americano nascido no estado de Nova Jérsei, em 1874, ele foi um estudioso na arte de criar, compreender e aprimorar a aquariofilia moderna que conhecemos hoje. Autor de diversos escritos incluindo o livro: Exotic Aquarium Fishes, o que para os amantes dessa arte é uma bíblia no assunto. Aquarismo possui a era entes e depois de Innes, nenhum outro cientista no mundo ocupou-se tanto em desvendar o aquarismo como ele.

Tipos de aquários

Aquarismo no Brasil

Existe vários tipo, formas e tamanhos de aquários cada um corresponde a um tipo de criação ou estudo que a pessoa estiver disposta a fazer. Também se deve levar em conta o tipo de peixe ou planta que deseja criar e seus respectivos tamanhos e necessidades que vão desde o espaço ideal, a necessidade ou não tubos de oxigênio, a densidade e a temperatura da água devidamente ajustada.

Basicamente podemos dividir aquários em dois tipos os de água doce, mais comuns e fáceis de manter, cuidar e obter peixes e plantas para criar, podendo até mesmo ser plantas artificiais, esse tipo de aquário costuma ter um custo de manutenção mais baixo, também. E o aquário de água salgada, já esses caso requer um cuidado e atenção maior por parte do criador, espécies específicas de peixes podem ser mantidas em água salga e cativeiros pequenos.

Aquarismo é coisa séria

Aquarismo 2013

Todo mundo em algum momento da vida já quis ter um aquário em casa, além de serem lindos e ideais para serem admirados e contemplados, é uma forma perfeita de ter um animal em casa que não necessita de atenção a todo o momento e nem preocupação ao deixar a casa para trabalhar. Mas engana-se quem pensa que não dá trabalho ou que não exige um conhecimento maior para ter um aquário em casa.

Para se sair bem na arte do aquarismo são necessários alguns conhecimentos biológicos, atenção, cuidado e zelo pelos seres que você vai cultivar em sua casa. Não se esquecer de fazer a limpeza do ambiente, não misturar espécies rivais em um mesmo espaço, usar sempre produtos de qualidade, tomar cuidado para que não ocorram choques térmicos na troca da água para não prejudicar a vida dos peixes. O mais indicado é que a pessoa estude e conheça bem as características daquilo que vai manter em casa. Ou contratar um serviço especializado para realizar a manutenção e limpeza de seu aquário.

Arte do Aquarismo Como funciona o Aquarismo

Pesquisar
Artigos Relacionados