Abono Pecuniário: O que é e como calcular

links patrocinados

Muitos trabalhadores não entendem bem os termos técnicos que o cercam, dessa maneira, coisas que são simples podem se tornar complicadas e passíveis de erros, quando tratadas de maneira mais formal, um desses termos é o abono Pecuniário, que é bastante utilizado por muitos, mas poucos devem saber o que esta palavra significa.

Abono Pecuniário: O que é e como calcular

Abono Pecuniário

Pois bem, como já mencionado anteriormente, apesar de o abono Pecuniário ser utilizado por muitos trabalhadores, poucos sabem que ele tem essa nomenclatura, o abono pecuniário nada mais é do que você converter um terço de suas férias em dinheiro, ou seja, é por meio deste que você pode realizar a “venda” de alguns dias de férias.

O que é o Abono Pecuniário

O abono Pecuniário é um direito que o trabalhador tem, porém este deve ficar atento aos prazos, caso deseje proceder dessa maneira, este deve ser requerido em até 15 dias antes de suas férias chegarem, passado esse período não será mais possível solicitar o abono pecuniário.

Lembrando que o abono pecuniário é calculado em cima dos valores já estipulados para todo o período de férias trabalhistas, que são garantidos por lei ao trabalhador, o valor do abono deve ser pago com até dois dias de antecedência do início das férias, portanto junto com o valor que será pago pelas férias.

Receber Abono Pecuniário

Se você é trabalhador saiba que caso você exerça suas atividades em um período de jornada parcial, você não terá direito a esse benefício, assim acontece no caso de você receber férias coletivas, neste caso o pedido individual não se prevalecerá, já que todos os empregados devem retornar as suas funções após um mesmo período de dias.

No abano pecuniário não ocorrem as incidências de INSS, FGTS e de Imposto retido na fonte, o valor pago no abono pecuniário deve constar na folha de pagamento, assim como o valor referido pago pelas férias, lembrando que a base de cálculo deste é realizada em cima do valor pago pelas férias.

Como receber o Abono Pecuniário

Calcular Abono Pecuniário

Sendo assim imagine que você receba um salário de R$ 775 por mês, sendo assim o valor que é pago por dia é correspondente a mais ou menos R$ 25, sendo assim 20 dias de férias vezes o valor diário pago lhe dará o valor de R$ 500 que deve ser multiplicado por um terço que lhe dará R$ 166.67, assim para calcular o valor do abono pecuniário você deve pegar a quantidade de dias correspondentes a este e multiplicar pelo valor que lhe é pago por dia de trabalho.

Feitos todos esses cálculos você chega ao valor do abono pecuniário, depois disso basta que você pegue este valor e multiplique por um terço e somar com os demais, com isso você chegará ao valor de remuneração bruta de férias e de abono pecuniário, faltando apenas deduzir do valor pago pelas férias, já que o valor do abono não tem incidência deste desconto, o valor referente ao INSS, que é de 8%, assim após calcular este valor e diminuir do total bruto, você chegará ao valor líquido que receberá pelas suas férias.

Valores do Abono Pecuniário

Pesquisar
Artigos Relacionados