Vantagens e desvantagens da sindicalização

links patrocinados

Vantagens e desvantagens da sindicalização

Muitas pessoas podem acabar ficando na dúvida em relação a filiação em um sindicato, mas o que é benefício e o que não compensa para o trabalhador? Confira uma lista com algumas vantagens e desvantagens da sindicalização, faça seu balanço e tire suas próprias conclusões.

Benefícios de se filiar a um sindicato

Vantagens e desvantagens da sindicalização Conheça as vantagens e desvantagens da sindicalização

Podemos dizer que quase todas as profissões reconhecidas possuem um sindicato para representar seus praticantes, existindo as vantagens e desvantagens da sindicalização. Vamos começar com alguns benefícios oferecidos por algumas dessas organizações, como auxílio médico e odontológico, assistência jurídica, descontos em algumas empresas e escolas, hotéis para férias e outros tipos de economias para o bolso.

Além disso, existem outros benefícios na lista das vantagens e desvantagens da sindicalização pode ser banco de vagas no site exclusivo para os filiados, parcerias diversas na área, participação em fóruns especiais, além de participação em decisões referentes a profissão.

Sindicalização

Vantagens e desvantagens da sindicalização: participação das decisões

Existem ainda outras coisas positivas entre as vantagens e desvantagens da sindicalização, como a própria participação na tomada de decisões referente ao trabalho. Também há a possibilidade de uma representação perante problemas que o trabalhador possa estar enfrentando, com o próprio Sindicato tomando partido e emitindo opinião em alguns casos que ferem direitos da profissão.

Entretanto, vale lembrar que todas pessoas podem ser representadas. A luta pela melhora da profissão e das próprias leis trabalhistas na área é a melhor parte entre as vantagens e desvantagens da sindicalização.

Conheça as vantagens e desvantagens da sindicalização

Ajuda ao sindicato e opção de escolha entre os órgãos

Além de disso, outro dos benefícios do assunto, na lista das vantagens e desvantagens da sindicalização, é em relação a própria ajuda ao órgão, já que é a partir desse tipo de mensalidade e parcelas que o sindicato consegue se manter, pagando salário de funcionários e custeando serviços de limpeza e manutenção do prédio.

A falta de escolha dessa representatividade já entra na lista dos fatos negativos das vantagens e desvantagens da sindicalização, já que não são permitidos mais de um órgão para cada profissão nos municípios. Assim, só é possível se filiar a um sindicato pré-determinado em sua região, alguns deles até funcionando para mais de um tipo de trabalhador.

Vantagens e desvantagens da sindicalização - saiba mais

Vantagens e desvantagens da sindicalização: compensa para o bolso?

Talvez, uma das partes negativas entre as vantagens e desvantagens da sindicalização é se comprometer com um pagamento mensal (alguns órgãos podem exigir parcelas semestrais ou até anuais), que vai sair do salário para cumprir seu propósito. Vale lembrar que cada órgão pode exigir uma quantidade diferente dependendo da profissão e da região geográfica.

Aos nutricionistas de São Paulo são exigidos um valor de R$ 208 reais por ano, enquanto que os publicitários do mesmo estado pagam uma quantia de R$ 35 por mês. No caso, o mais indicado é colocar tudo no papel, incluindo todas as vantagens e desvantagens da sindicalização, fazer contas com descontos e gastos para ver se esse ato compensa também para o bolso do trabalhador.

Pesquisar
Artigos Relacionados