Olha Minha Banda

links patrocinados

Olha Minha Banda

Olha Minha Banda

Olha a Minha Banda foi um quadro exibido no programa Caldeirão do Huck, que passa todos os sábados à tarde e apresentado por Luciano Huck. O objetivo é fazer uma competição entre diferentes bandas ao redor do Brasil através de uma avaliação inicial em vídeo, para que aos poucos os jurados (que mudavam com frequência) fossem selecionando algumas bandas para tocarem no Caldeirão do Huck ao vivo. A banda poderia tocar qualquer tipo de estilo musical, desde que tivessem composições próprias – visto que o prêmio final era um contrato com uma gravadora.

Toda a semana, Luciano Huck viajava pelo Brasil gravando e fazendo visitas para as bandas selecionadas que contariam um pouco da sua história, formato das composições, se apresentaria e falaria sobre porque ganhar a competição seria tão importante pro grupo. O Olha a Minha Banda teve edições entre os anos de 2008 (quando iniciou e se destacou na audiência do final de semana) até 2011, todas as disputas foram feitas da mesma forma, sendo que o prêmio final sempre foi um álbum gravado e lançado por gravadora.

Semanalmente, Luciano Huck convidava alguns músicos ou envolvidos na área para avaliarem as bandas disputando a vaga da vez, sendo que os jurados geralmente davam dicas não apenas com relação a qualidade das produções, mas também em como os músicos se portavam, para ganharem mais confiança na hora da performance. Aos poucos o programa também foi se expandindo, tendo mais de uma edição no mesmo ano ou então se dividindo por gênero.

Mais informações

Segundo o site oficial do Olha a Minha Banda (OMB), foram nove edições com as seguintes bandas vencedoras: Pruf, que viria a se chamar Agnela posteriormente (do Rio de Janeiro), Edu e Renan (dupla do Rio Grande do Sul), Marauê (do Pernambuco), Assédio Social (de São Paulo), Tátudoemcasa, os goianos Deyvid e Emanuel, o casal Roberto Casanova e Mika (que moram no Japão), Camila do Ó (do interior de São Paulo) e Geração Ypsilone (do interior do Ceará).

Além dos CDs lançados, as vencedoras em alguns casos contaram com músicas na trilha sonora da novela teen Malhação, que além da publicidade também gerou lucros e direitos autorais. Outras bandas foram promovidas através de shows no Rock in Rio que rolou no ano de 2011, fazendo abertura para diferentes artistas nacionais e internacionais – ganhando uma excelente exposição e treinando para palcos grandes quando também atingirem o sucesso em todo o país.

O OMB fez sucesso não apenas devido às milhares de bandas que estão espalhadas por todo o território nacional, mas também pelo trabalho que esses quase artistas tiveram em divulgar suas participações, em alguns casos os músicos até já tinham fãs, ainda que em nível local. O tratamento que o grupo dava para redes sociais e afins também contava como popularidade da banda e atenção dos membros para os (ainda) poucos interessados no trabalho inicial e independente. Alguns dos jurados como o músico Júnior Lima (da dupla Sandy & Júnior) prezavam bastante pela atitude e união da banda, além da qualidade das músicas.

Fotos

Confira Fotos do Olha Minha Banda:

Olha Minha BandaOlha Minha Banda
O quadro ia ao ar pelo programa Caldeirão do HuckO quadro ia ao ar pelo programa Caldeirão do Huck
Bandas que participaram do quadroBandas que participaram do quadro

Pesquisar
Artigos Relacionados