Impressora 3D: como funciona e quanto que custa

links patrocinados

Impressora 3D: como funciona e quanto custa

O que a impressora 3D pode fazer

Foi-se o tempo em que criar cópias em três dimensões das coisas era exclusividade dos filmes de ficção científica. Hoje em dia já tem gente utilizando impressoras 3D que criam cópias fieis de projetos em três dimensões feitos no computador. As impressoras 3D ainda não estão nas casas das pessoas ou sendo fabricadas em larga escala, já que os custos ainda são realmente altos. Mas num futuro bem próximo, elas podem ser realidade para todos.

Atualmente, grandes empresas produzem modelos de seus produtos para testá-los, verificar se há falhas de projeto, ver com os próprios olhos como ficou o design do produto, entre outras coisas. Outras empresas já fabricam partes de equipamentos utilizados em suas linhas de produção. Ou seja, as possibilidades criadas pela impressora 3D vão além da imaginação.

Como funciona a impressora 3D

Impressora 3D: como funciona e quanto custa Impressora 3D

Para explicar como funciona a impressora 3D é necessário explicar que há vários tipos de impressoras desta modalidade. E o preço de cada uma delas aumenta à medida que a qualidade final do produto é aumentada. O primeiro tipo de impressora usa a sobreposição de materiais para criar um objeto, ou seja, polímeros de um material são colados uns aos outros para criar o objeto. As sobras são retiradas manualmente pela pessoa que está operando a máquina.

Um segundo meio de impressão 3D é a injeção do material em pó, juntamente com a injeção de um material adesivo. Somando os dois materiais, obtém-se o objeto esperado. Algumas impressoras 3D deste tipo já usam injetoras do material em estado líquido. Esta forma de impressão 3D é a mais rápida atualmente.

Impressora 3D: como funciona

Outros tipos de impressoras 3D

Há ainda impressoras 3D que derretem o material até o ponto de fusão e, por meio de uma injetora, molda o objeto a partir do material derretido. Ao final do processo, o objeto é colocado num recipiente com água fria para ficar sólido imediatamente.

Uma última forma de impressão 3D é a micro impressão. Este método é utilizado para a impressão de objetos realmente pequenos, da ordem dos nanômetros. É importante saber como funcionam os vários tipos de impressora 3D para comprar aquele que mais se encaixa nas suas necessidades: alguns permitem a impressão totalmente colorida, outros permitem apenas em tons de cinza e por aí vai.

Impressora 3D:  quanto custa

Quanto custa uma impressora 3D

Depois de saber o que estes dispositivos podem fazer, saber quanto custa uma impressora 3D é receber um balde de água fria: as mais baratas atualmente não saem por menos de cinco mil dólares. Mas este preço é razoável em vista dos mais de 15 mil dólares que eram cobrados há alguns anos atrás.

Especialistas afirmam que o preço deve cair ainda mais e deve chegar ao patamar dos dois mil dólares em poucos anos. Isso permitirá que as empresas que fabricam estas impressoras possam colocá-las no mercado com mais rapidez. Para você que tem uma empresa e precisa de um aparelho destes, basta entrar em contato com as empresas que fabricam e pedir uma sob encomenda.

Impressora 3D: saiba mais

O futuro desta tecnologia

O futuro das impressoras 3D é promissor e, com o avanço da tecnologia, será possível imprimir objetos cada vez mais úteis e precisos. Quem sabe com o tempo não será mais necessário comprar produtos em lojas: bastará solicitar o molde para a empresa detentora dos direitos e produzir seu produto em casa mesmo.

Pesquisar
Artigos Relacionados