Dicas de Jogos competitivos

links patrocinados

Dicas de Jogos competitivos

Os jogos competitivos foram por muito tempo os tipos de jogos mais utilizados nas escolas pelo Brasil e pelo mundo. É fato que antigamente o conceito de que o mais forte sempre vence era bem disseminado, não só nas escolas como em todos os eventos que envolviam disputas esportivas ou de outras naturezas.

Jogos competitivos nas escolas

Dicas de Jogos competitivos Jogos Comeptitivos

Nas escolas, atualmente, são constantes estes eventos que envolvem competições, como gincanas e jogos educativos. O antigo conceito de competitividade e a divisão de vitoriosos e perdedores vem perdendo cada vez mais espaço para os jogos em que a união do grupo é mais importante e produtiva no alcance do objetivo principal, que é a vitória.

Dicas de Jogos

Dicas de jogos competitivos entre as crianças

Mesmo assim, é muito importante que haja jogos competitivos entre as crianças e os jovens dentro das escolas. Isto permite que as crianças sejam estimuladas a sempre melhorar e buscar o seu máximo. Desta forma podem surgir grandes jovens, cientistas, grandes atletas, enfim, futuras pessoas de sucesso em suas carreiras.

Os jogos competitivos que mais estimulam a criançada são os jogos de estratégia e os jogos individuais. Competições de xadrez, tênis e tênis de mesa, até jogos como o jogo da velha podem ser estimulantes para os pequenos.

Há alguns jogos competitivos que são jogados em grupo, mas no final é o melhor que ganha. É o caso da queimada. O vencedor é aquele que consegue permanecer no jogo sem levar boladas dos adversários. Por mais que esteja numa equipe com mais pessoas, ele precisa ser rápido e ágil para vencer o jogo.

Competicao nas escolas

Jogos competitivos ou jogos cooperativos?

Mesmo com a relativa importância dos jogos competitivos, é extremamente fundamental nos dias de hoje, a aplicação e o desenvolvimento de jogos cooperativos. Este tipo de competição envolve o grupo em prol de um objetivo. Neste caso, não há um vencedor, mas um grupo inteiro é gratificado com a vitória. Isso faz com que o indivíduo se sinta membro de um grupo vencedor e, assim, não cria-se um aspecto de inferioridade em nenhum dos alunos.

Muitas escolas não trabalham com os jogos competitivos justamente para evitar conflitos e rivalidades entre seus alunos. Porém tanto os jogos competitivos quanto os jogos cooperativos deve ser trabalhados em simultâneo. Os jogos cooperativos fazem com que alguns membros do grupo não se dediquem totalmente ao objetivo. Já nos jogos competitivos, todos querem ganhar um do outro e, assim, se doam totalmente em prol da vitória.

Cuidados com os jogos competitivos

Cuidados na hora de aplicar jogos competitivos

Portanto, é necessário tomar alguns cuidados na hora de organizar os jogos competitivos.
As premiações exclusivas aos vencedores e a supervalorização deles em relação aos perdedores deve ser evitada a fim de não dividir o grupo e criar inimizades. Outro aspecto é a infelicidade dos ‘perdedores’. Estes podem desanimar e se marginalizar, ficando excluído do restante dos colegas.

É uma opção a distribuição de medalhas de honra ao mérito a todos os participantes dos jogos competitivos. Desta forma todos se sentirão valorizados e continuarão se esforçando nas próximas edições dos jogos.

Pesquisar
Artigos Relacionados