CIEE RS

links patrocinados

CIEE RS

CIEE RS

O Centro de Integração Empresa–Escola, mais conhecido através da sigla CIEE, é uma associação de caráter filantrópico do nosso país.

O Centro de Integração Empresa–Escola é de direito privado e não possui nenhum tipo de fim lucrativo. A associação é caracterizada por ser beneficente, que atua na área de assistência social. Além disso, o CIEE é reconhecido por ser de utilidade pública.

Características CIEE

O CIEE possui diversos tipos de projetos cujos objetivos é criar as possiblidades para que os jovens brasileiros que estudam possuam uma formação integral. O resultado desses projetos é a inserção desses jovens estudantes brasileiros no mercado de trabalho nacional. Essa entrada no mercado desses jovens é realizada através de treinamentos e também de diversos programas de estágio e aprendizado que são disponibilizados pelo Centro de Integração Empresa – Escola.

Objetivos

O Centro de Integração Empresa–Escola é reconhecido pelo papel fundamental que tem exercido no desenvolvimento da sociedade brasileira desde a sua criação. Fazendo toda a diferença na vida de milhares de jovens brasileiros, o CIEE é visto como uma associação que é referencia de excelência e eficácia quanto aos seus objetivos traçados.

O maior desses objetivos do Centro de Integração Empresa–Escola é encontrar, para todos os estudantes brasileiros que possuem nível médio, técnico e superior, espaço no mercado de trabalho nacional. O CIEE busca por oportunidades de estágio ou de aprendizado para esses jovens. Isso porque o Centro de Integração Empresa – Escola reconhece que uma oportunidade de colocar em prática todos os conhecimentos teóricos que esses jovens aprenderam ou estão aprendendo é uma das formas mais eficientes para que eles conquistem um cargo no mercado de trabalho.

CIEE RS

Durante o ano passado, o Centro de Integração Empresa–Escola do Rio Grande do Sul obteve um aumento significativo das vagas de estágio. Esse aumento correspondeu a um crescimento de cerca de 13% em relação ao ano anterior, 2010.

Desde o surgimento da associação no estado do Rio Grande do Sul, cerca de 1,3 milhão de pessoas conseguiram um estágio através da CIEE. Atualmente, o Centro de Integração Empresa–Escola possui estagiários em 97 % dos municípios gaúchos com o apoio das suas 111 unidades de atendimento.

O Centro de Integração Empresa–Escola do Rio Grande do Sul foi criado durante o ano de 1969 por educadores, entidades de classe, profissionais liberais e especialistas em treinamento e desenvolvimento de recursos humanos. Desde o ano da sua criação, o CIEE vem contribuindo e muito para o desenvolvimento do mercado e, consequentemente, da sociedade de todo o estado gaúcho.

Para aqueles que desejam mais informações, basta acessar o site do Centro de Integração Empresa–Escola e conferir todas as informações e novidades da associação.

Fotos

CIEE RSCIEE RS
Centro de Integração Empresa-EscolaCentro de Integração Empresa-Escola
Ações do CIEE RSAções do CIEE RS

Bolsa OVG 2010

Bolsa OVG 2010

Para ingressar no mercado de trabalho atualmente, independentemente da área de atuação, as pessoas que possuem formação em curso superior são os mais requisitados. Isso porque o conhecimento adquirido numa universidade é muito importante para o desenvolvimento da pessoa e ela irá poder aplicar tudo aquilo que aprende nos bancos da faculdade nas empresas.

Entretanto, nem todos possuem condições financeiras de bancar uma faculdade particular ou não podem se dedicar integralmente aos estudos para poderem pleitear uma vaga me universidade pública. Se você se enquadra nessa perspectiva, fique atento para poder requisitar uma bolsa de estudos da OVG que em 2010 está com inscrições abertas.

OVG é a sigla para Organização das Voluntárias de Goiás. O grupo surgiu como iniciativa de um grupo de mulheres goianas ligadas a igreja católica. A OVG surgiu no dia 30 de outubro de 1947 e foi idealizada por Ambrosina Coimbra Bueno, então primeira-dama de Goiás.

No Diário Oficial da União na data da fundação da organização consta que a OVG é um órgão de auxilio voluntário de instituições sociais, como orfanatos, maternidades e hospitais, por exemplo. As ações do grupo eram voltadas principalmente às famílias de baixa renda.

Bolsa Universitária OVG 2010

Após um longo período de assistencialismo, a OVG decidiu em 1999 que começaria a ofertar bolsas de estudo em universidades particulares para estudantes de baixa renda. A inciativa deu tão certo que até hoje o programa de concessão de bolsas de estudo se mantém ativo.

Com o decorrer da inciativa, o processo de fornecimento de bolsas mudou bastante. Anteriormente, um valor único era oferecido para todos estudantes. Agora, as bolsas são oferecidas de forma parcial ou então integral. O principal critério para o fornecimento das bolsas da OVG é o socioeconômico, mas agora o desempenho acadêmico passou também a ser importante na permanência do benefício.

Para requerer a bolsa parcial, o estudante deverá fazer parte de uma família com renda bruta de até seis salários mínimos. O valor oferecido na bolsa corresponde ao desempenho escolar do mesmo no semestre anterior. Assim sendo, se o aluno tiver média de até 6,9 o valor de sua bolsa será de R$ 300; se a média foi entre 7 e 8,4 a bolsa será de R$ 400; se a média for no mínimo 8,5 a bolsa será de R$ 500.

Já a bolsa integral só poderá ser ofertada para estudantes com renda familiar de um salário mínimo e meio. Se o bolsista for selecionado para a bolsa parcial e se enquadrar nas exigências da bolsa integral ele poderá ser remanejado.

Uma das principais exigências para se conseguiu uma bolsa da OVG é a de prestar trabalho voluntário em instituições governamentais ou não-governamentais com carga horária compatível ao curso estudado.

Fotos

Confira Fotos do Bolsa OVG 2010:

Integrantes da OVGIntegrantes da OVG
Organização das Voluntárias de GoiásOrganização das Voluntárias de Goiás
Bolsa OVG 2010Bolsa OVG 2010

GD Star Rating
loading...
Pesquisar
Artigos Relacionados