Caderno do Aluno

links patrocinados

Caderno do Aluno

Caderno do Aluno

O Governo Federal é responsável por garantir uma série de direitos que são prescritos na Constituição, ou seja, estão documentados para que o poder público atue de maneira a certificar que sejam cumpridos. Caso isso não aconteça, a população tem o direito de reivindicar por mudanças no quadro representantes públicos, pois eles trabalham com o dinheiro arrecadado nos impostos.

Atuação do governo

Com relação ao direito à educação, uma das maiores críticas é ao sistema público de ensino. Por mais que existam diversas escolas públicas municipais e estaduais, isso não quer dizer que sejam de qualidade. Os problemas vão desde a falta de alimentos para a merenda até o professor desvalorizado.

A partir do momento em que o salário dos professores não é lá tão atraente, o próprio profissional fica desmotivado para dar o melhor de si. Caso os salários aumentassem, existiria maior concorrência para passar em um concurso ou ser contratada.

Enquanto isso não acontece, a única opção é se contentar com quem está lá. Claro que muitos dos professores da rede pública se dedicam totalmente ao trabalho por ser a profissão que escolheram, mas enfrentam dificuldades de estrutura e para ensinar os alunos. Com isso, o Governo precisa interferir em alguns momentos e oferecer novas ferramentas.

Exemplares didáticos

Uma abordagem vigente desde 2009 para tentar compensar um pouco do que se perde nas escolas públicas é o Caderno do Aluno, que é basicamente composto por uma coletânea de exercícios para serem feitos em casa. Assim, o aluno dá continuidade ao aprendizado em casa enquanto pratica estudando.

Para garantir que não vai faltar nada no Caderno do Aluno, o Governo fez uma edição para cada matéria estudada de acordo com a série dos alunos. No Ensino Fundamental são distribuídos sete Cadernos para cada estudante, enquanto no Ensino Médio são distribuídos 11 Cadernos. A quantidade varia de acordo com a grade escolar.

Para verificar se todas as respostas estão corretas depois de terminar a resolução dos exercícios é só procurar na internet pelo gabarito. Vale destacar que a intenção é que o gabarito seja consultado somente depois de ter tentado fazer os exercícios por conta própria.

Boletim Escolar Aluno

Já se foi o tempo em que os alunos podiam esconder dos seus pais o seu boletim. Hoje em dia não tem como escapar: se tirar nota baixa, o castigo vai vir, já que os pais podem ter, através da internet, acesso às notas e às faltas dos seus filhos.

É muito importante acompanhar a vida escolar das crianças de perto. Assim, caso algum problema esteja ocorrendo, é mais fácil detectá-lo e ajudar a criança a resolver os possíveis problemas que vem enfrentando.

Há muito tempo foi comprovado que essa fase inicial do ensino é essencial para o desenvolvimento da capacidade da criança. Caso essa fase não seja tão aproveitada quanto poderia, a criança pode ser prejudicada no futuro por não ter trabalhado todo o seu potencial. Portanto, os pais devem realmente investir o tempo no monitoramento das atividades dos seus filhos.

Boletim Escolar Aluno na internet

Várias escolas já oferecem este serviço e o governo do estado de São Paulo, através da Secretaria Estadual de Educação, também disponibiliza na internet as notas e faltas dos alunos matriculados na rede pública de ensino.

Com isso, a nova possibilidade de acompanhar as informações dos filhos na internet se mostra quase como se fosse uma política pública. A diferença é que ela entra dentro do grande conjunto de iniciativas tomadas pelas Secretarias de Educação. Assim, é necessário que os pais acessem as páginas de cada Secretaria para verificar os dados dos alunos.

Essa iniciativa mostra a inevitável tendência de usar as tecnologias como principais aliadas dos serviços públicos. Considerando que cada vez mais vem sendo desenvolvidas iniciativas de inclusão digital, a expectativa é que todos os cidadãos estejam conectados com o mundo em uma questão de tempo. Mas, o uso das tecnologias deve começar o quanto antes para que todos se acostumem com os novos métodos.

Acessando as notas e faltas do Boletim Escolar Aluno

Para acessar ao boletim, o responsável ou aluno precisa ter em mãos o número do registro acadêmico do estudante, o dígito verificador do registro do aluno, a sigla do estado emissor do documento e a data de nascimento do aluno.

O boletim só será mostrado caso a escola estadual já tenha atualizado na internet as informações referentes as avaliações e as frequências do bimestre letivo.

Portanto, obter a informação não depende somente da boa vontade dos pais das crianças. O trabalho deve ser feito em conjunto para garantir o melhor acompanhamento possível do rendimento dos alunos nas escolas. Porém, caso as informações não sejam publicadas dentro do período estipulado, os pais tem o direito de exigir os dados.

Pesquisar
Artigos Relacionados