Verdades e Mitos sobre a depilação feita com cera

links patrocinados

Verdades e Mitos sobre a depilação feita com cera

Você já deve ter ouvido algumas coisas sobre depilação com cera que deve ter o deixado com dúvidas, como por exemplo: Depilar com cera pode escurecer a pele e ocasionar manchas? Depilar áreas sensíveis pode causar flacidez na pele? Depilar com cera quente é um processo menos dolorido do que a depilação com cera fria? Apesar da depilação com cera quente ser um dos métodos mais procurados por homens e por mulheres que desejam se livrar dos pelos no corpo para aproveitarem tudo o que o verão tem pra oferecer, o uso de cera causa muitas dúvidas e inspira muitos mitos. Por isso, vamos responder aqui, sobre o que realmente é verdade e o que é mito sobre a depilação feita com cera.

Verdades e Mitos sobre a depilação feita com cera

Verdades e Mitos sobre a depilação feita com cera Conheça as Verdades e Mitos sobre a depilação feita com cera

Em primeiro lugar, antes de iniciar a depilação com cera, é aconselhado que você não tenha se exposto o dia inteiro ao sol e ainda, não utilizar hidratantes e óleos. Isso porque como o processo de puxar a cera quente da pele estimula a produção de um pigmento que é o grande responsável pela coloração da pele, conhecida também como melanina, aumenta as chances de escurecimento e de aparecimento de manchas na pele. Já passar produtos como hidratantes e óleos comprometem a retirada dos pelos. Também é importante evitar a exposição ao sol depois de realizar o procedimento.

Depilação feita com cera

Confira mais

Para áreas que a incidência do sol é quase impossível de ser evitada, deve-se usar o protetor solar. Já locais sensíveis, como o buço e as sobrancelhas, os cuidados devem ser em dobro. Por isso é importante não utilizar hidratantes, óleos e suspender o uso de ácidos e retomar o uso depois de cinco dias de realizado o procedimento. Outra dica para manter a pele sempre lisinha e saudável com a depilação é manter o local sempre limpo. Outro mito relacionado diretamente com a depilação que deve ser derrubado é que a depilação com cera quente não influencia em nada o envelhecimento da pele ou o rompimento de vasos e também não causa flacidez e varizes.

Mitos sobre a depilação feita com cera

Mitos sobre a depilação com cera

Um dos mitos que deve ser derrubado sobre a depilação com cera quente é que depilar não causa o aparecimento de espinhas. O que na verdade aparece depois da depilação com cera é a inflamação do folículo, conhecido como foliculite, que é causado pelo entupimento dos poros da pele. Por isso, uma boa dica é manter a área depilada sempre limpa e evitar o uso de hidratantes e de óleos em até 24 horas depois de realizar o procedimento. Outro mito que deve ser derrubado é que depilação com cera quente não causa alergia.

Verdades sobre a depilação feita com cera

Verdades sobre a depilação com cera

Uma verdade sobre a depilação com cera é que o calor da cerca quente ajuda no processo de remoção dos pelos. Por isso depilar com cera quente é um procedimento bem menos dolorido do que a cera fria. Outra verdade que deve ser levada em consideração sobre a depilação com cera é que a chance dos pelos encravarem é maior, porque a depilação com cera os deixa mais finos e frágeis e ao nascer, ele acaba não tendo força para romper a barreira da pele. Vale ressaltar que depois de realizar a depilação com cera, deve-se evitar o uso de desodorantes em até 24 horas após a realização do procedimento.

Pesquisar
Artigos Relacionados