Vale do Amanhecer

links patrocinados

Vale do Amanhecer

Vale do Amanhecer

A cada dia aparecer novas organizações religiosas que nascem para atender os fiéis e servirem como um apoio. É difícil acompanhar o constante crescimento, porém, muita gente acaba desconhecendo algumas doutrinas mais antigas e igualmente importantes para a sociedade.

A Vale do Amanhecer é considerada uma doutrina de cunho espiritualista cristão. Ela nasceu para acolher a Doutrina do Amanhecer, fundada pela médium clarividente Tia Neiva em 1959. Segundo a história, ela foi trazida pelo espírito do santo Francisco de Assis. São Francisco é chamado na Vale do Amanhecer de Pai Seta Branca.

História

A doutrina Vale do Amanhecer nasceu através da visão de uma brasileira, Neiva Chaves Zelaya, que morou no estado do Sergipe, em Propriá. Em sua idade adulta, Neiva começou a peregrinar dentro de igrejas católicas e também de centros kardecistas (com ligação ao espiritismo) para saber porque ela tinha visões.

Somente após entrar em contato com Mãe Neném em uma centro kardecista que ela foi conduzida ao espiritismo. Nos anos seguintes, Neiva continuou a peregrinar por diversas cidades da região nordeste e centro-oeste do país e conseguiu conquistar uma legião de adeptos.

Doutrina Vale do Amanhecer

A doutrina do Vale do Amanhecer possui duas visões diferentes. A primeira remete ao caminho que os espíritos percorrem para compor uma alma e também quais são as circunstâncias que o formaram. Já a segunda remete ao poder de clarividência em poder enxergar alguns aspectos que podem vir a acontecer.

O Vale do Amanhecer se baseia em princípios do cristianismo e também no da reencarnação.

Espaços Vale do Amanhecer

Atualmente, o Vale do Amanhecer possui mais de 600 templos espalhados pelo país e em outros países no exterior. Após o falecimento de Tia Neiva, o Vale do Amanhecer passou a ser governada através de um conselho de mestres, os Trinos Presidente Triada. O presidente é o filho biológico de Neiva. O templo matriz está localizada na Planaltina, no Distrito Federal.

No site da doutrina, é possível conhecer um pouco mais sobre o Vale do Amanhecer e ainda acompanhar as notícias relacionadas e conferir aonde estão localizados os templos.

Espiritismo

Espiritismo

Sobre o Espiritismo

O espiritismo é uma crença na qual é possível se estabelecer uma comunicação com pessoas que já faleceram. Esse contato entre o nosso mundo e o mundo dos espíritos é feito através de um médium ou vidente.

O espiritismo, do modo como conhecemos hoje, foi sintetizado na obra ‘O livro dos espíritos’ do pedagogo francês Hippolyte Léon Denizard Rivail, mais conhecido pelo seu pseudônimo de Allan Kardec. Atualmente, o espiritismo é compreendido como uma doutrina que crê na vida após a morte.

A doutrina espírita fundamenta-se em alguns pontos: O homem é hoje apenas um espírito ligado a um corpo; quando este espírito está ligado a um corpo ele recebe o nome de alma; os espíritos são imortais; os espíritos se desenvolvem através do processo de reencarnação de vidas passadas e o corpo que um espírito encarna está ligado com os seus atos passados voltados ao bem ou ao mal.

Semelhança Espiritismo e Umbanda

Alguns cultos afro-brasileiros, como a umbanda, são considerados como fenômenos espíritas. Mas esta não é considerada uma crença espírita para os entusiastas ‘kardecanos’. Existem semelhanças entre ambos e várias diferenças também, como o culto a imagens e o ritual cantado e dançado.

Há também uma relação bastante forte entre o espiritismo e o cristianismo. Mas os cristãos não consideram os espíritas como membros de sua religião, devido a incompatibilidade de alguns valores teológicos. A principal diferença é que para os cristão, Jesus Cristo foi um Deus e para os espíritas, Jesus foi o mais perfeito espírito criado por um Deus para ser seguido de exemplo para os homens.

Espiritismo no Brasil

O principal divulgador e médium da doutrina espírita no Brasil foi Francisco Cândido Xavier, popularmente conhecido como Chico Xavier. Chico nasceu no dia 2 de abril de 1910 e morreu aos 92 anos em 2002. Alguns amigos relatam que Chico Xavier teria pedido a Deus para morrer um dia em que os brasileiros estivessem muito felizes, para que não houvesse muita preocupação com a sua morte. Chico faleceu de parada cardíaca no dia em que o Brasil foi pentacampeão do mundo de futebol.

Pesquisar
Artigos Relacionados