Significado da Páscoa para os judeus

links patrocinados

Significado da Páscoa para os judeus

Significado da Páscoa para os judeus

Uma das datas mais importantes para os cristãos, depois do Natal está a Páscoa. E para os judeus não é diferente, para essa tradição trata-se da data mais memorável do calendário judaico. Data em que é lembrada a morte e a ressurreição de Jesus Cristo e que é chamada na língua dos judeus de Pessach, que tem o significa a saída do povo judeu do Egito, e a aliança refeita com Deus, que a graça que permitiu a libertação do povo e a vitória sobre a escravidão imposta pelo governo de Faraó.
No decorrer dos anos a lembrança e a comemoração da data foram se adaptando as celebrações que são feitas até os dias atuais, pesquisadores dizem que essa comemoração foi um dos marcos para que os judeus mantivessem suas tradições em todas as partes do mundo, em que muitos estão vivendo nos dias de hoje.

Como é feita a celebração

A Páscoa é celebrada pelos judeus desde o dia anterior da chamada Pessach, os costumes são de preparação espiritual durante todo o dia, sendo que para isso, todos os componentes da família fazem um jejum para homenagear todos aqueles jovens que não foram mortos com a última praga do Egito, a morte dos primogênitos, mas que no entanto tiveram suas vidas preservadas por Deus.
Assim no dia da Pessach, eles se alimentam e fazem leituras das histórias da Páscoa para que o significado da data seja repassado de geração em geração.
As comidas também são típicas da data, para cada comida atribui-se um significado, que faz alusão ao período de escravidão dos judeus no Egito, as dez maldições lançadas e aos livramentos e feitos de Deus naquela época por aquele povo. Dessa forma a participação das crianças em todos os ritos é muito importante, pois eles serão os responsáveis de passar a diante tudo que aprenderem sobre seu povo.

História do Pessach

A História da Pessach

Para os judeus a história da Páscoa começa há muito mais tempo que a morte e a ressurreição de Cristo. Para eles essa data memorável que é lembrada por eles com muito louvor está relacionada com a libertação do povo judeu do Egito.
Na verdade tudo começa há cerca de quatro mil anos atrás, lá no período em que o patriarca Abraão, pais do povo judeu, ainda era uma habitante de Ur. Nessa época de acordo com a Bíblia Sagrada Deus mandou que Abrãao deixasse essa cidade pois os habitantes não adoravam a Deus e estavam sempre cometendo ações que eram abomináveis aos olhos Dele.

Páscoa judaica

Desde então Abrãao rumou a procura da nova Canaâ e a encontrou, porém depois de enfrentar tempos difíceis com falta de água e comida, já que viviam exclusivamente da agricultura foram viver no Egito que era uma terra próspera.
Porém o que eles não podiam imaginar é que seriam colocados como escravos do povo egípcio e viveriam oprimidos por muitos anos.
Porém Deus enviou o jovem Moisés,que chegandocomo um bebê abandonado no palácio tornou-se membro da família real e foi o responsável por tirar do povo judeu do Egito, com o Deus o guiando abriu o Mar Vermelho, e venceu o exército de Faraó,rei do Egito.
Desde então esse episódio ficou conhecido no calendário judaico como um dia de alegria e chamado de Pessach, a Páscoa dos Judeus!

Celebração da Páscoa para os judeus Páscoa- calendário judaico

Pesquisar
Artigos Relacionados