São João

links patrocinados

sao joao

São João

Sobre o São João

O Brasil é um país com grande riqueza cultural, resultante de diferentes culturas que chegaram na época da imigração. Durante alguns dias do ano, o país se transforma para celebrar diferentes dias folclóricos que fazem parte da nossa tradição. Uma das maiores festas é nos dias próximos ao dia de São João.

O dia de São João é celebrado na época das festas juninas em todo o país no dia 24 de junho. A festa é de origem européia e com origem pagã do solstício de verão, porém ela foi rebatizada durante a idade média e homenageia santos importantes. Próxima a Festa de São João está dia de São Antônio, 13 de junho e Dia de São Pedro, 29 de junho.

No Brasil a festa é mais celebrada na Região Nordeste. Muitas cidades acabam se transformando para receber turistas e também celebrar o santo e suas graças. Os dias de festa são marcados por roupas e decoração típica, além de uma grande variedade de comidas e música. Em 2011, as Festas de São João tiveram início na sexta-feira, dia do santo.

Festas de São João 2011

A festa de São João Brasileira é sempre celebrada como um arraial, em uma espaço ao ar livre e com participação de todos os membros da sociedade. O local é sempre decorado com bandeirinhas coloridas, balões de papel de seda a palha. O ponto alto da festa fica por conta da tradicional fogueira de São João.

Ao redor da festa existem diversos tipos de barraquinhas, ou espaços de comércio. Durante a festa são vendidos quitutes feitos a base de milho, como pamonha, canjica, pipoca e bolo de milho. Algumas cidades no Sul ainda incluem o pinhão e também cachorro-quente. Nas cidades mais frias, é comercializado o quentão de vinho ou de pinga, para esquentar a todos. Para as crianças, as barraquinhas disponibilizam jogos, como pescaria.

A atração fica por conta da Quadrilha, aonde os participantes se vestem como caipiras e dançam em pares as tradicionais músicas junina. A quadrilha é tradicionalmente liderada por um casal de noivos que pretendem se casar. O pai e o padre também fazem parte dos personagens mais importantes da dança.

 

Festas Julinas

Festas Julinas

Sobre as Festas Julinas

O mês de Junho não é suficiente para o brasileiro fazer festa. As tradicionais festas juninas existem para comemorar o dia de três santos: Santo Antônio, São João e São Pedro. Mas o sucesso dessas festas é tão grande, que elas se estendem pelo mês de julho, com o nome de Festas Julinas.

Elas não tem diferença alguma das do mês de junho, tanto nas vestes, comidas e brincadeiras. No Brasil, as festa Julinas acontecem na mesma intensidade das Juninas, no entanto, as igrejas preferem realiza-las no mês de junho (devido ao dia dos Santos).

Todos os anos, as festas juninas movimentam e aquecem a economia do norte e nordeste do país. Comerciantes formais e informais aguardam um crescimento de 20% nas vendas para essa época do ano. Hotéis já contratam até 30% a mais de funcionários.

Origem das Festas Juninas e Julinas

Essas festas são mais antigas do que a própria cultura brasileira. Até a Idade Média, as festas juninas eram pagãs e comemoravam o solstício de verão no dia 24 de junho. A igreja Católica, então, a transformou na festa de São João, comemorando o dia do santo no mesmo dia. No Brasil, ela foi trazida pelos portugueses e já aqui, a festa sofreu um processo de aculturamento, adquirindo o caráter animado e colorido que possui hoje.

Atualmente essas festas são muito tradicionais e praticamente toda empresa, instituição, grupo de pessoas, entidades e igrejas as fazem todos os anos, seja em junho ou julho. O norte e nordeste do Brasil abriga grandes festas juninas e julinas, atraindo turistas de todo o mundo. As cidades de Caruaru e Campina Grande são consideradas “Capitais do Forró” e são os principais destinos dos turistas.

Roupas, trajes e comidas

As roupas das festas juninas imitam os trajes da burguesia portuguesa que colonizou o Brasil. As pessoas de renda mais baixa, empregados da corte portuguesa também passaram a comemorar a festa junina à sua maneira. Por isso, hoje traja-se de caipira, fazendo referência ao povo brasileiro que popularizou essa festa.

O milho e o amendoin são as principais bases das comidas juninas. As principais comidas são pamonha, cural, bolos, paçocas, pés-de-moleque e pipoca. Para tomar, há chás de amendoins e, de tradição maior no sul e sudeste do país, quentão e vinho quente. Também no sul do país, além das comidas já citadas, o pinhão também é base para farofas, doces e salgados.

GD Star Rating
loading...
Pesquisar
Artigos Relacionados