Resultado Eleições 2012 no Rio de Janeiro

links patrocinados

Resultado Eleições 2012 em Rio de Janeiro

Eleições para a prefeitura do Rio terão sete candidatos, incluindo o atual prefeito

Situada no sudeste do Brasil, a cidade do Rio de Janeiro é a segunda maior metrópole do território nacional e o segundo maior pólo de pesquisa e desenvolvimento do país, ficando atrás apenas de São Paulo. Pela sua fama de ‘Cidade Maravilhosa’, o Rio, como é chamado pelos mais íntimos, é a principal rota do turismo internacional no país e um dos lugares mais visitados na América Latina.

Além das muitas belezas naturais que a cidade entrega aos seus visitantes de braços abertos, o Rio também é um pólo industrial e comercial muito movimentado, sendo sede das duas principais empresas do Brasil: a Petrobrás e a Vale do Rio Doce. Outro conglomerado conhecido internacionalmente, localizado no Rio, são as Organizações Globo. Devido a essa grande movimentação econômica, o município tem o segundo maior produto interno bruto (PIB) do Brasil, estimado em R$ 140 bilhões.

Entre os anos de 1763 e 1960, após a chegada da Família Real portuguesa, o Rio de Janeiro tornou-se capital do Brasil, capital do Estado do Brasil, Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, Império do Brasil, República dos Estados Unidos do Brasil e, finalmente, em 1960 perdeu seu posto de centro político do Brasil para a cidade planejada por Juscelino Kubitschek, Brasília. Durante os anos em que o Rio de Janeiro foi capital do Brasil os fluxos migratórios foram constantes. Muitos portugueses, principalmente após o estabelecimento da Coroa portuguesa na cidade, nordestinos e afro-descendentes fazem parte da atual população do Rio. Além desses povos é preciso destacar também os alemães, italianos, russos, suíços, espanhóis, franceses e os judeus da Ucrânia e da Polônia, que aportaram na cidade entre os anos de 1920 e 1935.

Em 2012, a cidade do Rio de Janeiro tornou-se Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, enchendo os cariocas de orgulho. Os principais pontos turísticos do município, que o fizeram ganhar esse título, são o Pão de Açúcar, o Morro do Corcovado, a estátua do Cristo Redentor, as praias de Copacabana, Barra da Tijuca e Ipanema, o Estádio Olímpico João Havelange, a Quinta da Boa Vista, o Maracanã, a Biblioteca Nacional, o Teatro Municipal do Rio de Janeiro, as florestas da Pedra Branca e Tijuca, que é patrimônio ambiental da UNESCO, o réveillon de Copacabana, o famoso carnaval das escolas de samba do Rio e, atualmente, principalmente para os estrangeiros, umas das maiores atrações são as favelas pacificadas.

Desde o dia oito de julho, os partidos políticos estão elaborando os planos para a veiculação de propagandas eleitorais no rádio e na televisão. No Rio de Janeiro a situação não é diferente, e sim muito mais forte com a maior rede de televisão brasileira instalada na cidade. Sete candidatos irão disputar o cargo de prefeito carioca, entre eles está o atual administrador do município, Eduardo Paes (PMDB), que tem a maior coligação já vista nas eleições do Rio com 20 aliados: PTN, PP, PSB, PCdoB, PDT, PTB, PSD, PPS, PRB, PSC, PRP, PRN, PTC, PSL, PSDC, PRTB, PHS, PTdoB e PT, que fará chapa com Paes com o vereador Adilson Pires como vice-prefeito.

O único candidato a prefeito do Rio de Janeiro que tem coligação, além de Paes, é Rodrigo Maia (DEM) com o apoio do PR. Os outros decidiram não fazer aliança, diminuindo o seu tempo para defesa da candidatura no horário eleitoral gratuito. Os aspirantes a prefeito são Aspásia Camargo (PV), Otávio Leite (PSDB), Cyro Garcia (PSTU), Fernando Siqueira (PPL) e Marcelo Freixo (PSOL). Para as 51 vagas na Câmara Municipal de Vereadores do Rio estão disputando 1.636 pessoas.

Pesquisar
Artigos Relacionados